Em declarações aos jornalistas, o dirigente do Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais do Norte, Orlando Gonçalves, explicou que “o diretor regional não foi ouvido na escolha dos coordenadores do CODU e das ambulâncias, razão pela qual apresentou a sua demissão”.

“No caso do Norte, o diretor regional tinha sugerido manter os coordenadores, mas não teve a concordância do coordenador nacional e por isso a sugestão não foi aceite pela administração do INEM. No final da semana passada, o diretor regional e os dois coordenadores que exerciam no Norte demitiram-se”, disse o sindicalista.

Segundo Orlando Gonçalves, “os trabalhadores não gostaram da ideia e por isso decidiram manifestar-se solidários com os colegas demissionários. O Norte, mesmo com a falta de pessoal que existe e com a degradação das condições de trabalho, ainda era dos que ia funcionando mais ou menos, porque havia um bom ambiente. Agora, com a demissão do diretor e dos dois coordenadores, instalou-se o caos. Os trabalhadores querem que as coisas se mantenham como estavam”.

“O coordenador nacional já foi nomeado em mobilidade intercarreiras de uma forma muito pouco clara, não tem curso do CODU, naturalmente que aí a culpa é do presidente do INEM, mas também do Governo, que devia ter aberto um concurso digno para que houvesse uma seleção séria. O governo não o fez, o presidente do INEM nomeou quem bem entendeu, no caso uma pessoa que não é pacífica dentro do INEM”, afirmou.

Orlando Gonçalves lembrou que em dezembro de 2016, aquando da denúncia na demora no atendimento das chamadas de emergência, o Governo criou “um grupo de trabalho para analisar até março quais as questões que prejudicavam o INEM e a razão por que as chamadas de emergência demoravam tanto a ser atendidas. Não se percebe a urgência para nomear novos coordenadores antes de terminar o tempo dado pelo Governo”.

O dirigente do sindicato disse ainda ter informações de que o diretor regional deverá reunir ainda hoje com a administração do INEM, para eventualmente analisarem estas questões.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.