A mulher foi hospitalizada após o seu desembarque a 13 de janeiro no aeroporto de Banguecoque, procedente da cidade chinesa de Wuhan, epicentro da epidemia, relatou o ministério da Saúde em comunicado.

Novo coronavírus: o que se sabe até agora
Novo coronavírus: o que se sabe até agora
Ver artigo

A paciente sofre uma pneumonia relacionada com o misterioso coronavírus, responsável por duas mortes na China. O vírus já foi detetado no Japão.

"As pessoas não devem entrar em pânico, já que não há qualquer propagação da doença na Tailândia", garantiram as autoridades.

Outra paciente chinesa, que teve um quadro de pneumonia detetado a 8 de janeiro na sua chegada a Banguecoque, está a recuperar-se da doença num hospital da cidade.

A Tailândia reforçou o seu controlo nos aeroportos, uma vez que vão começar as celebrações do Ano Novo chinês, período durante o qual o país espera mais de 1.300 viajantes por dia procedentes de Wuhan.

A doença faz temer o ressurgimento de um vírus da mesma família da SARS, que matou pelo menos 650 pessoas na China continental e em Hong Kong em 2002-2003.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.