“No último dia houve 812 mortos, 52 destes em Moscovo”, segundo dados do centro operacional de luta contra o covid-19 no seu relatório diário.

O número máximo anterior de mortes pela covid-19 foi registado na Rússia em 26 de agosto, com 820 mortes.

No total, desde o início da pandemia morreram no país 199.808 pessoas devido à covid-19.

No entanto, as estatísticas oficiais sobre o excesso de mortes triplicam este número das autoridades responsáveis pelo combate à pandemia.

Nas últimas 24 horas na Rússia, 19.179 novas infeções pelo SARS-CoV-2 também foram detetadas, 1.926 delas em Moscovo, o epicentro da pandemia no país.

Desde o dia 15, a incidência diária do novo coronavírus na Rússia aumentou novamente e ultrapassou a barreira de 20.000 casos no último fim de semana.

O país relatou até agora um total de 7.313.851 casos de contágio pelo SARS-CoV-2.

A campanha de vacinação na Rússia está a progredir lentamente. Até ao momento, 41 milhões já receberam as duas doses da vacina contra a covid-19, o que representa apenas 28,1% da população.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.