As águas minerais naturais e de nascente engarrafadas são das bebidas que fazem correr mais tinta e são também do universo das águas as únicas puras e naturais.

No entanto, há confusão ou insuficiente esclarecimento (mea culpa!) sobre quais as especificidades das águas minerais naturais e de nascente.

Não podemos colocar todas as águas no mesmo patamar, não podemos comparar água mineral natural e água de nascente com água da torneira ou da água de torneira filtrada. Qualquer comparação, mesmo quando se comparam custos, é sempre enviesada.

Enviesados desde a origem! Alguns estudos comparam realidades bem distintas. Num patamar, as águas minerais naturais e de nascente que chegam ao consumidor tal qual a natureza filtrou, purificou e protegeu e que podem ser bebidas com pureza natural e original, noutro patamar, as águas de abastecimento publico (águas de torneira) que de forma predominante têm origem em águas superficiais e que, por isso, têm obrigatoriamente de ser objeto de tratamentos físicos e químicos.

Sem que possamos ter um pódio para cada água, a verdade é que há diferenças.  É importante distinguir!

  • As águas minerais naturais e de nascente têm sempre origem subterrânea, o que lhes garante proteção acrescida face a agressões externas. Os aquíferos são geridos, de forma sustentada, em quantidade (renovação dos caudais) e qualidade (perímetros de proteção), por profissionais de geologia altamente qualificados. As águas de torneira são, de forma predominante, captadas nos rios ou nas albufeiras das barragens.
  • As águas minerais naturais e as águas de nascente são as únicas 100% naturais, não têm quaisquer tratamentos químicos. São caracterizadas pela sua pureza original! As águas de torneira têm de ser sujeitas a processos de tratamento químico, através da adição de cloro, que lhes permite ter a potabilidade que não têm na origem.
  • O engarrafamento de águas minerais naturais e de nascente faz-se na proximidade dos aquíferos, com a preservação das características originais da água. As unidades de engarrafamento estão fixadas às regiões do interior onde estão os aquíferos e não podem ser deslocalizadas! O transporte de água de torneira faz-se por rede, normalmente percorrendo grandes distâncias, dependendo a qualidade de diferentes fatores (material das tubagens, ruturas, etc).
  • As águas minerais naturais e de nascente são protegidas e estão identificadas pela sua origem. O rótulo garante ao consumidor informação sobre o que está a beber! As águas de torneira podem ter diferentes origens e não fornecem ao consumidor, no ponto de consumo, qualquer tipo de informação.

A grande diversidade geológica de Portugal traduz-se numa enorme variedade de águas minerais naturais e de nascente o que permite ao consumidor fazer as escolhas da sua preferência, de gosto e paladar. As águas de torneira não oferecem ao consumidor qualquer escolha.

As águas minerais naturais e de nascente são produtos alimentares, protegidos por embalagens seguras e 100% recicláveis (em Portugal todas as garrafas de água em plástico são produzidas com base na matéria-prima PET – Polietileno Tereftalato, onde a substância Bisfenol não existe), cumprindo exigentes requisitos de segurança alimentar e de rastreabilidade que não são exigidos às águas de torneira.

A água engarrafada com origem em Portugal é água mineral natural e de água de nascente. Em países como Estados Unidos, Canadá, Austrália as águas engarrafadas mais vendidas são águas preparadas e tratadas, que não possuem origem subterrânea identificada e protegida, nem apresentam pureza original. Mais uma vez, ao amplificar-se o resultado de estudos internacionais faz toda a diferença identificar-se a procedência das águas e não inquinar a água da garrafa “PUREZA DA ORIGEM”.

As águas minerais naturais e de nascente são património de todos os portugueses. Temos de nos orgulhar das excelentes águas minerais naturais e de nascente que a natureza do país nos oferece, das marcas que temos e que também são o espelho de Portugal e do país que somos. O compromisso que a Águas Minerais e de Nascente de Portugal assume é o de defender e continuar a valorizar esta riqueza que é de todos.

No âmbito do Dia Mundial da Alimentação, a FAO lembra que a água é essencial para a vida na Terra e que é urgente a boa gestão de um bem que não é infinito. Saibamos geri-lo e saibamos esclarecer corretamente quando falamos de água da torneira e de água mineral natural e nascente

Não inquinemos as águas. Elas são complementares.

Um artigo de opinião de Francisco Furtado de Mendonça, diretor geral da APIAM - Águas Minerais e de Nascente de Portugal.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.