A notícia é avançada pela edição impressa desta terça-feira do Jornal de Notícias.

A dispensa nunca foi tão alta desde 2012, atingindo as 170 360 mil embalagens em 2015, ou seja todos os dias cerca de 466 recorrem a este tipo de contraceção.

Em 2012 tinham sido vendidas 132 029 embalagens.

O crescimento é de 30%, revelam dados da consultora IMS Health, fornecidos pelo Infarmed, regulador do medicamento e dos produtos da saúde.

Este aumento coincide ainda com a diminuição das interrupções voluntárias da gravidez (IVG). Há ainda outra potencial explicação para este aumento: está à venda no mercado um novo fármaco que dispensa receita médica.

A pílula do dia seguinte não protege contra as infeções sexualmente transmissíveis.

Leia também10 verdades e mentiras sobre a pílula do dia seguinte

Leia também10 dúvidas sobre as doenças sexualmente transmissíveis

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.