No balanço diário, as autoridades chinesas também reportaram 1.638 novos casos de contágio e com isso, o número total de pessoas infetadas em todo o país já supera os 44.200.

Nesta terça, a Organização Mundial da Saúde (OMS) avaliou que existe "uma possibilidade realista de parar" a propagação do coronavírus se forem feitos investimentos de forma coordenada.

"Se investirmos agora (...), temos uma possibilidade realista de parar esta epidemia", destacou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, em conferência de imprensa em Genebra, Suíça.

Quatrocentos cientistas de todo o mundo começaram na terça-feira uma reunião de dois dias naquela cidade sob os auspícios da OMS, com o objetivo de intensificar a luta contra esta nova doença.

O novo coronavírus passou a ser identificado como COVID-19 para que seja "fácil de pronunciar", sem ser uma referência "estigmatizante" para um país ou população em particular, explicou Ghebreyesus.

O diretor-geral da OMS explicou que "co" significa "corona"; "vi", "vírus" e "d", "doença". O número 19 faz alusão ao ano em que apareceu, 2019.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.