18 de julho de 2013 - 10h25
A Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) prevê níveis muito elevados de pólen em Portugal continental para semana de 19 a 25 de julho, divulgou hoje a associação no boletim polínico semanal.
“O alerta vai particularmente para os doentes com alergia ao pólen de gramíneas”, indica o boletim, que prevê níveis muito elevados de pólen atmosférico em todo o país, com a exceção da região do Algarve, com níveis moderados a elevados, e para os arquipélagos dos Açores e da Madeira, com níveis baixos.
Em Trás-os-Montes e Alto Douro e região de Vila Real, no Douro Litoral e região do Porto e na Beira Litoral e região de Coimbra, tal como na Beira Interior e região de Castelo Branco, os pólenes encontram-se em níveis muito elevados, com destaque para os pólenes de gramíneas, castanheiro, e ervas parietária, ervas tanchagem e quenopódio.
Na região da Estremadura e região de Lisboa, os pólenes encontram-se em níveis muito levados, com destaque para os pólenes de eucalipto, gramíneas, erva parietária, castanheiro, ervas de quenopódio tanchagem.
No Alentejo, os pólenes encontram-se em níveis muito elevados, com predomínio dos pólenes de gramíneas, castanheiro, erva parietária, eucalipto e erva de quenopódio.
No Algarve, os pólenes encontram-se em níveis moderados a elevados, com destaque para os pólenes de gramíneas, castanheiro, ervas parietária e quenopódio, palmeira e eucalipto.
O boletim polínico divulga semanalmente os níveis de pólen na atmosfera, através da leitura de vários postos que fazem uma recolha contínua desta substância, em várias regiões do país.
Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.