A medida, de caráter temporário, é mais abrangente do que as adotadas por outros estados, que proibiram apenas os produtos com sabores.

A proibição entrou em vigor imediatamente e estará vigente até 25 de janeiro de 2020, disse o governador Charlie Baker, que declarou estado de emergência de saúde pública neste estado do nordeste dos Estados Unidos.

A cidade de São Francisco, na Califórnia, já havia adotado em julho uma proibição similar, mas Massachusetts é o primeiro estado a impor uma medida como esta em todo o território.

15 truques para deixar de fumar num ápice
15 truques para deixar de fumar num ápice
Ver artigo

"O propósito desta (declaração de) emergência em saúde pública é suspender temporariamente todas as vendas para que possamos trabalhar com nossos especialistas médicos para identificar o que está a adoecer as pessoas e como controlar melhor estes produtos para proteger a saúde da nossa população", disse Baker.

A epidemia de doenças pulmonares relacionadas com o uso de cigarro eletrónico (vaping) continua a crescer nos Estados Unidos, com 530 casos e oito óbitos, segundo o último relatório semanal publicado na quinta-feira pelas autoridades de saúde.

Mais de metade dos pacientes têm menos de 25 anos e três quartos são homens, de acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças. Um total de 16% dos pacientes são menores de 18 anos.

Os casos norte-americanos já motivaram um alerta em Portugal: a Sociedade Portuguesa de Pneumologia pediu cautela aos utilizadores portugueses, recordando que o melhor é "respirar ar limpo". Aquela organização solicitou ainda aos médicos portugueses que comuniquem eventuais casos de doença relacionados com os cigarros eletrónicos às autoridades competentes.

8 exercícios para eliminar os excessos de gordura em pouco tempo
8 exercícios para eliminar os excessos de gordura em pouco tempo
Ver artigo

Os laboratórios da Agência de Drogas e Alimentos (FDA) estão a analisar mais de 150 amostras suspeitas, mas ainda não identificaram as substâncias responsáveis por essas doenças pulmonares agudas.

Os estados de Michigan e Nova Iorque proibiram, no início do mês, os cigarros eletrónicos aromatizados, preocupados tanto com as eventuais doenças relacionadas como pela tendência de aumento do consumo de nicotina por parte dos jovens.

Ao menos 3,6 milhões de estudantes do ensino secundário usaram cigarros eletrónicos nos Estados Unidos em 2018, um aumento de 1,5 milhões em relação ao ano precedente.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.