Os distritos de Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja, no continente, estão sob aviso amarelo até às 17:00 de quinta-feira e a ilha da Madeira até às 18:00 de quarta-feira devido persistência de valores elevados da temperatura máxima.

O IPMA emitiu também aviso amarelo para todos os distritos de Portugal continental (18) para quarta e quinta-feira.

O aviso amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê a continuação de tempo quente pelo menos até ao fim de semana.

Durante esta semana a temperatura máxima deverá variar entre 30 e 35 graus Celsius no litoral, devendo atingir valores entre 35 e 40 graus nas regiões do interior.

Também a temperatura mínima apresenta tendência para uma subida gradual, com valores que deverão ser superiores a 20 graus em grande parte do território continental, em especial no interior e no sotavento algarvio, e que são classificadas como noites tropicais.

De acordo com o IPMA, os valores de temperatura estão acima do habitual para a época do ano e esta persistência poderá levar a uma situação de onda de calor em diversos locais do país, em especial no interior.

Na origem do tempo quente está, segundo o IPMA, um “anticiclone localizado a nordeste dos Açores, que se estende em crista até ao Golfo da Biscaia, em conjunto com um vale depressionário desde o norte de África até à Península Ibérica, origina o transporte de uma massa de ar quente do norte de África a qual será responsável pela persistência de valores elevados de temperatura ao longo da semana”.

O IPMA prevê para hoje no continente céu pouco nublado ou limpo, apresentando períodos de maior nebulosidade no interior do Baixo Alentejo durante a tarde e sendo temporariamente muito nublado por nuvens altas no norte e centro.

Está também previsto vento fraco a moderado do quadrante norte, por vezes forte no litoral oeste, em especial durante a tarde e início da noite, com rajadas até 65 quilómetros por hora a norte do Cabo de Sines, sendo em geral fraco do quadrante oeste na costa sul do Algarve.

Nas terras altas, em especial do norte e centro, o vento soprará moderado a forte de leste/nordeste até meio da manhã e a partir do final da tarde.

O IPMA prevê ainda uma descida de temperatura nas regiões norte e centro, em especial da máxima.

As temperaturas mínimas vão oscilar entre os 16 graus Celsius (na Guarda, Bragança e Leiria) e os 27 (em Portalegre) e as máximas entre os 25 (em Aveiro) e os 40 (em Évora).

Madeira e Açores em risco extremo de exposição aos UV

Os arquipélagos da Madeira e dos Açores apresentam hoje um risco extremo de exposição à radiação ultravioleta (UV), segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

De acordo com o IPMA, em risco extremo estão os arquipélagos da Madeira e dos Açores, com exceção da ilha das Flores que está com níveis muito elevados.

Para as regiões com risco extremo, o IPMA recomenda que se evite o mais possível a exposição ao sol.

Portugal continental apresenta níveis muito elevados de exposição à radiação UV.

Para as regiões com risco muito elevado, o IPMA aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, ‘t-shirt’, guarda-sol, protetor solar e evitar a exposição das crianças ao Sol.

O cálculo é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.