"Em Portugal, apesar de quase 75% dos doentes estarem medicados, ainda só se atingiu 42% do controlo da doença, facto que se deve sobretudo ao não cumprimento rigoroso da medicação", alerta o presidente da Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH), o médico Carvalho Rodrigues.

10 conselhos médicos para ter um coração de ferro
10 conselhos médicos para ter um coração de ferro
Ver artigo

"O controlo da hipertensão (HTA) faz-se através da medição da pressão arterial (PA), mas também através do cumprimento rigoroso da medicação prescrita pelo médico. Infelizmente, muitos doentes não cumprem a medicação ou abandonam a mesma o que, por conseguinte, vai dificultar o controlo da doença", frisa o cardiologista.

"Largar a medicação porque já se está bem ou porque não se sentiu bem com os comprimidos ou ainda porque se sente bem com a tensão alta são alguns do mitos e equívocos responsáveis pelo abandono do tratamento para a HTA. Deve existir, cada vez mais, a preocupação de promover terapêuticas e posologias simples e, simultaneamente eficazes, para aumentar a taxa de adesão ao tratamento. Nunca é demais reforçar a velha máxima de que um comprimido só faz efeito quando é tomado", acrescenta o médico.

A hipertensão arterial associa-se tanto à doença coronária, como ao AVC e à insuficiência cardíaca e é o fator de risco cardiovascular modificável mais frequente, razão pela qual o seu tratamento é essencial na prevenção daquelas doenças. As doenças cardiovasculares são a causa de morte de, pelo menos, 34,1% da população portuguesa, fundamentalmente como consequência do acidente vascular cerebral (AVC) e da doença coronária.

10 mentiras (em que acreditou) sobre a hipertensão
10 mentiras (em que acreditou) sobre a hipertensão
Ver artigo

Rastreios gratuitos

No dia 17 de maio (quinta-feira) assinala-se o Dia Mundial da Hipertensão (DMH) e a cidade eleita pela Sociedade Portuguesa de Hipertensão (SPH) para acolher as atividades comemorativas é Almada.

O DMH é uma iniciativa da World Hypertension League, à qual a SPH se associa, que tem como objectivo alertar a população para a hipertensão arterial (HTA), doença silenciosa que afeta 42% de portugueses.

Neste dia, a SPH pretende sensibilizar a população para a necessidade de conhecer os valores da pressão arterial (PA), aliando-se assim à campanha mundial cujo lema é: “Conheça os seus valores. Controle a sua pressão arterial”.

A SPH relembra a importância de medir a pressão arterial frequentemente, cujos valores devem ser inferiores a 14/9.

Praticar exercício físico regular, adoptar uma alimentação saudável com baixo teor de sal e cumprir a toma da medicação prescrita fazem também parte das mensagens que os médicos da SPH querem transmitir neste dia.

A hipertensão mata. Conheça os 8 fatores de risco desta doença
A hipertensão mata. Conheça os 8 fatores de risco desta doença
Ver artigo

A Capital da Hipertensão 2018 vai ter as atividades centradas na Praça da Liberdade, em Almada, com sessão solene no Fórum Romeu Correia, às 11h00.

Médicos e enfermeiros realizam rastreios gratuitos à PA, além de prestarem aconselhamento sobre estilos de vida saudáveis.

Os rastreios têm início às 9h30 e terminam às 17h30. O exercício físico será também uma constante neste dia com atividades para miúdos (15h) e graúdos (11h30).

As atividades comemorativas do DMH foram desenvolvidas com o especial apoio da Câmara Municipal da Almada e do Hospital Garcia de Orta.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.