Em comunicado, a SCMPF esclarece a Estrutura Residencial para Idosos (ERPI) onde surgiu o surto tem 58 utentes e que, dos 46 com testes positivos para o coronavírus, que provoca a covid-19, "quatro estão internados em unidades hospitalares".

Os restantes "12 utentes testaram negativo", indica a instituição, esclarecendo que o surto teve início em "meados de outubro" e que a informação hoje divulgada corresponde "à última testagem”, feita no dia 26.

À Lusa, a vice-provedora Mercedes Barros, explicou que utentes com casos positivos "foram colocados numa ala covid num novo espaço da Misericórdia".

Acrescentou que a "maioria está assintomática e que, em alguns casos, se regista febre ligeira".

A responsável deu conta ainda de "três óbitos ocorridos entre o final da semana passada a atual", mas que "não estão associados à pandemia".

Relativamente aos óbitos, o comunicado da instituição refere que um dos utentes morreu “por doença súbita e dois por pneumonia" e que todos “já tinham antecedentes clínicos relevantes".

Relativamente aos 39 profissionais que trabalham na ERPI, a Misericórdia revelou que "14 acusaram positivo à covid-19" e que três deles "regressam no final da semana ao trabalho".

Os demais devem fazê-lo uma semana depois.

"Três desses funcionários estão em isolamento profilático", lê-se ainda no comunicado.

A SCMPF acrescenta que, no âmbito da cooperação com o Serviço Municipal de Proteção Civil, foi feita a "revisão e permanente atualização do plano de contingência, em articulação com a Autoridade de Saúde Local e Segurança Social".

"Foram instaladas camas para a criação de condições de isolamento institucional" e "feita a descontaminação das instalações, levada a efeito pelo Elemento NBQ do Exército, em articulação com o Comando Distrital de Operações de Socorro", diz.

As "desinfeções complementares" foram feitas pelos "Bombeiros Voluntários de Freamunde" e "foram reforçadas as equipas de cuidadores, num total de cinco ajudantes de lar, provenientes das Brigadas de Emergência da Segurança Social".

Da parte da câmara, salientou a Santa Casa, foi "reforçada a entrega de Equipamentos de Proteção Individual".

A colaboração das várias entidades, sustenta a Santa Casa, "permitiu conter o surto, isolar em segurança os utentes negativos, bem como aumentar a segurança das equipas nos cuidados aos utentes positivos".

Portugal contabiliza pelo menos 2.694 mortos associados à covid-19 em 156.940 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.