Com estes números, o total de mortes por covid-19 desde o início da pandemia cresceu para 105.655 e o de casos para 1.107.071.

No balanço diário de domingo, o Ministério da Saúde informou que de 01 de janeiro a 24 de outubro foram registadas 794.944 mortes por todas as causas, em comparação com os 576.955 óbitos esperados com base na média dos últimos cinco anos.

O México é o 11.º país com mais casos acumulados e o quarto em mortes, segundo a Universidade Johns Hopkins, registando ainda 820 óbitos devido à covid-19 por milhão de habitantes, o que o coloca como o oitavo país com mais vítimas fatais em proporção à sua população.

A covid-19 pode tornar-se na segunda causa de morte ao ultrapassar a diabetes, que no ano passado causou 104.354 óbitos, segundo o Instituto Nacional de Estatística e Geografia (Inegi), que ainda não atualizou os números de 2020.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.453.074 mortos resultantes de mais de 62,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência de notícias France-Presse (AFP).

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.