António Costa falou sobre este tema relativo ao atraso na entrega a Portugal de ventiladores, que são essenciais para a recuperação de doentes com COVID-19, numa entrevista que concedeu à TSF conduzida por Anselmo Crespo e que durou cerca de uma hora.

"Desde sábado passado, a nossa embaixada em Pequim tem finalmente os famosos 500 ventiladores que tínhamos adquirido. Felizmente que até agora não foram necessários, mas a sua aquisição foi importante, porque temos de reforçar a capacidade do Serviço Nacional de Saúde", declarou o primeiro-ministro.

Até agora, dos 508 ventiladores encomendados, apenas poucas dezenas chegaram a Portugal. Os restantes ventiladores deveriam já ter chegado no dia 15 de abril.

No início deste mês, numa conversa telefónica com o Presidente da República Popular da China, Xi Jinping, o chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, pediu-lhe que intercedesse para acelerar a entrega de material "encomendado e pago" à China, em particular ventiladores.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.