No seu comunicado diário, a entidade adianta que, entre os doentes detetados em São Miguel, 23 foram identificados no âmbito dos rastreios em massa realizados nas freguesias de Rabo de Peixe (19) e Ponta Garça (quatro).

Nas últimas 24 horas, foram "realizadas 2.685 análises nos laboratórios de referência da região, nos laboratórios privados com convenção, no Serviço Regional de Saúde, por via dos testes rápidos (rastreios em massa) e no laboratório do Polo da Terceira da Universidade dos Açores", acrescenta a Autoridade de Saúde dos Açores.

Há também a registar 155 recuperações, das quais 151 em São Miguel e quatro na Terceira.

Estão atualmente internados com covid-19 na região 24 pessoas, menos um doente do que na quarta-feira.

Assim, em São Miguel mantêm-se internadas 23 pessoas no Hospital do Divino Espírito Santo em Ponta Delgada, sete das quais em Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), menos dois do que na quarta-feira.

Na Terceira há agora uma pessoa internada em UCI, no Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira.

Existem presentemente nos Açores 643 casos positivos ativos de covid-19, sendo 621 em São Miguel, 16 na Terceira, um no Faial, um no Pico e quatro nas Flores.

Foram detetados até hoje nos Açores 3.291 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se 23 óbitos e 2.526 recuperações.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 2.075.698 mortos resultantes de mais de 96,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 9.465 pessoas dos 581.605 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde, de quarta-feira.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.