Os países europeus enfrentam um desequilíbrio demográfico acentuado resultante da redução progressiva das taxas de natalidade e mortalidade, o que se traduz num envelhecimento populacional crescente gerado pelo aumento da esperança média de vida por habitante. Esta situação está na origem de vários problemas políticos, económicos e sociais - o abandono de idosos, a falta de instituições capazes de prestar cuidados a esta camada populacional e a dificuldade de inovar neste setor.

Considerando esta realidade europeia, a TENA trabalha para melhorar o bem-estar dos idosos através dos seus produtos e serviços, assim como criando iniciativas de responsabilidade social que povoam o reconhecimento do trabalho de assistênciaia e favoreçam o intercâmbio de conhecimento.

A necessidade de intervenção através de projetos de consciencialização dos jovens e do seu papel na melhoria da qualidade de vida da população idosa resultou em várias iniciativas europeias e nacionais – programas de voluntariado de jovens junto a instituições de acolhimento, aulas para a terceira idade que visam promover o envelhecimento ativo, entre outros. Estes são exemplos dos progressos obtidos na melhoria do bem-estar de indivíduos acima dos 65 anos.

Na TENA consideramos tudo o que até hoje foi adquirido como positivo, infelizmente é insuficiente e os idosos continuam sujeitos a condições precárias.

Acreditando ser necessária uma maior intervenção na sensibilização das pessoas, a TENA criou o projeto “Paixão de Cuidar”. O projeto começou em 2014 e pretende destacar e reconhecer o trabalho assistencial dos cuidadores e gerentes de centros assistenciais e residências para idosos.

Segunda edição em Portugal

Esta iniciativa, na sua segunda edição em Portugal, centrar-se-á na recolha de projetos levados a cabo nas instituições, que influenciem o bem-estar do residente e ao mesmo tempo tenham uma componente de cuidado e respeito do meio ambiente. Na TENA consideramos prioritário o reconhecimento dos profissionais que se dedicam a cuidar dos outros, sensibilizando a população restante para a importância da sua existência.

Em países como Portugal e Espanha existe uma certa falta de consciência generalizada acerca da importância das instituições ou residências, bem como do cuidado das pessoas idosas. Problemas como o envelhecimento solitário, a ausência de cuidados adequados e, no caso de algumas instituições, a sobrepopulação dos seus centros, são algumas das situações mais comuns que acontecem neste ambiente.

Para além da atenção, é importante trazer outra questão importante à atualidade mundial – a sustentabilidade das práticas levadas a cabo no lugar de trabalho. Acreditamos que é muito positivo ter cuidadores informados e conscientes do impacto ambiental de pequenas ações diárias, como utilizar material descartável em vez de reutilizável, por exemplo.

Com isto em mente, a edição deste ano do projeto “Paixão de Cuidar” tem como tema “Gestos que Mudam o Mundo”, porque acreditamos firmemente que o mundo precisa de pessoas e instituições que se dediquem a ajudar os outros, e acreditamos na urgência de minimizar o impacto ambiental do ser humano. Há que assinalar que este projeto acontece de forma intercalada entre Portugal e Espanha.

Por João Paulo Iglesias, Diretor Comercial Ibérico de SCA Incontinence Care

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.