Este trajeto, no entanto, não tem de ser vivido na solidão. Quem vive com DII pode, e deve, pedir ajuda à sua equipa profissional multidisciplinar composta pelo médico especialista, enfermeiro, nutricionista e psicólogo.

Relativamente à DII, todos sabemos que cada caso é um caso e que cada pessoa deve receber a atenção especial para o seu estado de saúde, tal como nos diz o gastroenterologista Ricardo Veloso, no novo episódio Dar a Volta à DII, publicado no Youtube da APDI.

“Temos de quebrar um paradigma que é pensar que todas as pessoas com doença de Crohn são iguais. Não são. Todas as pessoas com colite ulcerosa não são iguais.” “Cada pessoa é uma pessoa, cada doença é uma doença”, afirmou o profissional de Saúde.

Veja o vídeo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.