A prática do ioga ajuda a controlar o stresse e ansiedade, ajudando a conectar e interligar o corpo e mente através de exercícios relaxantes que potenciam uma série de benefícios, tanto físicos como mentais.

No dia dedicado à prática do Ioga, 21 de junho, o Urban Sports Club apresenta vários tipos de Ioga, com origens e estilos diferentes:

1. Hatha Yoga

A melhor forma de compreender o que é o Hatha Yoga é decompondo a palavra “hatha”. Neste sentido, “ha” significa sol e representa a alma (o sol do corpo). Enquanto “tha” corresponde a mente, isto é, à consciência. Assim sendo, Hatha é a união da alma e da mente na procura da harmonia e do equilíbrio entre as energias solar e lunar.

O Hatha Yoga é ideal para quem vai iniciar esta modalidade pela primeira vez, visto que se foca significativamente em exercícios de respiração, assim como nas práticas de alinhamento e de postura.

2. Yin Yoga

O Yin Yoga é um estilo da modalidade que tem preferência por movimentos simples e fluídos, apostando na forte manutenção da postura. O objetivo primordial do Yin Yoga é incrementar uma maior flexibilidade e relaxamento do corpo, mas também da mente.

Neste aspecto, o Yon Yoga é uma prática transformadora, pois é mais terapêutica, com um forte apelo à contemplação e meditação.

3. Hot Yoga

Tal como o nome indica, este tipo de Yoga é praticado em ambientes quentes, com temperaturas que oscilam entre os 38 e 40 graus. De todos os tipos de Yoga, este é uma das práticas mais recentes, tendo surgido nos anos 70 nos Estados Unidos da América.

Graças ao calor proveniente da sala, os músculos facilmente conseguem relaxar, tornando a execução dos vários movimentos mais acessível e menos arriscada, pois o risco de lesões é menor. Por essa razão, o Hot Yoga combina poses e movimentos mais dinâmicos.

Esta prática é ideal para desintoxicar o corpo e ainda beneficia da compressão dos órgãos internos. Assim, o Hot Yoga acaba por reduzir o desgaste físico, melhorando a circulação sanguínea.

4. Kundalini Yoga

Durante mais de sete mil anos, o Kundalini Yoga, também conhecido como Yoga da Consciência, foi um segredo muito bem guardado nos templos e mosteiros do Nepal e do Tibete. Além das tradicionais técnicas respiratórias, o Kundalini Yoga possui uma forte essência espiritual, aliado ao lado físico do Yoga e meditação.

O Kundalini Yoga acredita na capacidade e força de cada um, de maneira a eliminar os maus hábitos, incorporando novos na vida do praticante.

Através da meditação, o Kundalini Yoga ajuda a fortalecer e alongar os músculos, assim como o metabolismo, estimulando e sincronizando a capacidade respiratória e os sistemas nervoso e glandular.

5. Vinyasa Yoga

O Vinyasa Yoga é ideal para quem procura algo mais físico. Neste tipo de Yoga é importante criar uma conexão entre mente, corpo e respiração. No entanto, este estilo fornece uma maior liberdade aos seus praticantes. Nesse sentido, pode ser criada uma coreografia durante a prática, com diferentes exercícios.

A tendência que marca o Vinyasa Yoga é que os exercícios são feitos de forma crescente, aumentando assim o nível de intensidade ao longo da aula. Outro aspecto interessante deste tipo de Yoga é que a prática não acaba com o fim da aula.

Vários praticantes de Vinyasa Yoga acabam por notar que acabam por empregar vários dos conhecimentos adquiridos nas aulas no seu dia-a-dia, sentido um impacto real e transformador desta modalidade nas suas vidas.

Desta forma, não há desculpas para não combater o stress e ansiedade, através da prática de Ioga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.