O relógio aproxima-se inevitavelmente das 18h00, a porta do escritório torna-se cada vez mais convidativa e, lá fora, o sol, convidativo, ainda brilha. Terminou mais um dia de trabalho. Se fosse britânico, o mais provável seria passar pelo pub. Se morasse em Paris, talvez aproveitasse para dar um passeio de patins em linha pelas margens do rio Sena. Mas está em Portugal e a questão que se coloca-se é o que é que vai fazer agora?

Fazer compras no supermercado, derreter a paciência que lhe resta em engarrafamentos ou seguir estas sugestões e transformar o tempo em bem-estar? Ainda não foi de férias? Já foi mas já regressou e até já partia outra vez? Damos-lhe, de seguida, uma dezena de sugestões para terminar o seu dia sem stresse, prolongando a sensação de lazer e de descontração por mais tempo, independentemente de onde se encontra!

1. Não fique no trabalho

A regra número um é... saia! Se o dia está a chegar ao fim mas o trabalho não termina, organize tudo, mas para o dia seguinte. Aprenda a definir prioridades e não roube horas à vida privada nem ao seu descanso. É melhor para si e para a sua produtividade! Siga o exemplo dos países nórdicos, onde a vida extra laboral é sinónimo de equilíbrio, aproveitando para descomprimir e reduzir a pressão do atual mundo laboral.

2. Aposte em atividades em grupo

Depois de um dia rodeado de gente, a ideia de se encontrar com mais um grupo de pessoas pode parecer, para muitos, assustadora. Mas não se se tratar dos seus amigos! Sinta os últimos raios de sol na esplanada e ponha a conversa em dia. Inúmeros especialistas defendem que a amizade é vital para a saúde. Além de reduzir o stresse, o nervosismo e a ansiedade, diminui o risco de depressão e reforça o sistema imunitário.

3. Tire partido do tempo que passa no trânsito

Se terá de passar meia hora ou até mesmo uma hora no trânsito citadino, muna-se das armas certas. Ponha uma música calma ou que lhe recorde as últimas férias, dê boleia a uma colega ou aproveite para fazer o exercício de respiração que lhe explicamos de seguida. Inspire, tape a narina direita com o polegar e expire lentamente pela esquerda. Repita o exercício 10 vezes, alternadamente, sem nunca descurar a sua condução.

4. Aproveite para (re)viver o sítio onde trabalha

Troque os sapatos por uns ténis, vista algo confortável e, na companhia de um colega, de um amigo, do seu cão ou de iPod, ponha-se em marcha. Se não tiver um jardim ou parque urbano por perto, pode percorrer a cidade ou a localidade onde trabalha como se fosse um turista ou apreciando as montras. Caminhe a passo rápido e use um podómetro para medir a distância percorrida. 8.000 passos, já? Impressionante, não é?

5. Vá para uma esplanada

Sair do trabalho e ir a correr para casa é um dos (maus) hábitos de milhares de portugueses. Não precisa de ir para a outra ponta da cidade para encontrar uma esplanada e aproveitar para fazer uma pausa, recuperando a sensação de férias para os seus dias. Desafie um colega de trabalho, um familiar ou um amigo e aproveite para conviver enquanto relaxa de (mais) um árduo dia de labuta. Se não tiver companhia, leve um livro.

6. Rume à beira-mar

Num país com 943 quilómetros de costa, ignorar o mar deveria ser crime. Se tem a oportunidade de viver e/ou de trabalhar junto à costa, aproveite os fins de tarde para ir à praia ou para ir ver o mar. Caminhe à beira-mar. Na areia a exigência física é maior). Ande de patins em linha pela marginal ou inscreva-se em aulas de voleibol. Usufrua do ar e dos sons do mar, sentado com as costas direitas e respirando profundamente.

7. Termine o dia em beleza

Experimente uma sessão de reflexologia ou uma massagem crânio-facial, ideal para eliminar o stresse, num spa. Muitos destes estabelecimentos dispõem mesmo de piscinas e/ou de circuitos de água que prolongam a sensação de descanso. Em alternativa, em casa, faça uma esfolição corporal enquanto prepara um banho com sais aromáticos. Acenda velas, pendure na porta uma placa a pedir para não incomodarem, entre na água e relaxe.

8. Faça um treino no ginásio

Se deambular por aí sem destino está longe de ser a sua praia, pode sempre inscrever-se num ginásio. Duas vezes por semana, vá afinar a máquina, mas sem stresse. Prefira modalidades relaxantes que combinam a respiração controlada com o treino, exercitando os músculos sem acelerar o que passou o dia a mil à hora, o coração. A ioga e o total condicionamento são duas opções a considerar. Finalize com uma sauna ou um banho turco.

9. Prove novas iguarias

Há sempre um café, uma pastelaria, um salão de chá, uma esplanada, um bar, um wine bar ou um restaurante por (re)descobrir. Depois de sair do trabalho, em vez de ir a correr para causa, faça uma pausa gastronómica. Desafie colegas de trabalho, familiares e/ou amigos e aproveite para provar novas iguarias ou para se deliciar com especialidades que já conhece. Se puder ir e/ou regressar a pé, melhor ainda.

10. Reinvente o tempo que passa em casa

Se as tarefas domésticas se impõem, tem mesmo de ir para casa. Se não pode evitá-las, melhore-as! Siga o ritmo do seu CD favorito ou desafie o seu parceiro e filhos e transforme a preparação do jantar num momento divertido. No tempo que resta, brinque com os miúdos, namore com o graúdo ou relaxe no sofá. Deve fazê-lo, idealmente, com as pernas elevadas para melhorar a circulação, como aconselham muitos especialistas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.