Em destaque

Bife à regional dos Açores

O bife à regional, uma variante do bife à inglesa, está ligado à ilha açoriana de São Miguel. Pode ser acompanhado com batata frita e, quase sempre, com ovo a cavalo.

Ingredientes

Bife de novilho (lombo ou vazia) 1 (entre 150 a 200 g)
Pimento de curtume* (escorrido e cortado em tiras) 1/2
Dente de alho laminado 1
Louro 1 folha
Vinho branco seco (ou cerveja 50 ml
Óleo, manteiga, sal e pimenta usar q.b.

Preparação

O bife à regional dos Açores nasceu há cerca de 60 anos, pelas mãos do chefe Alcides Cabral de Melo, sendo uma variante do bife à inglesa, mas hoje é já um prato que marca a gastronomia dos Açores. É, provavelmente, a receita que mais se encontra e vende em qualquer restaurante da ilha de São Miguel.

A título de curiosidade, só o restaurante da Associação Agrícola vende mais de 150 mil bifes por ano. A carne usada no bife dos Açores é maioritariamente originária do arquipélago, sendo proveniente do efetivo leiteiro que é criado em pastagens verdejantes. Esta receita é uma variante do bife à inglesa, como já referido, mas com recurso à denominada pimenta da terra e ao alho da ilha de São Miguel. O Bife à regional pode ser acompanhado com batata frita e, quase sempre, com ovo a cavalo.

Como preparar

Aquece-se um pouco de óleo numa frigideira antiaderente. Doura-se o bife de ambos os lados até obter o grau de cozedura desejado. Tempera-se com sal e pimenta. Junta-se o alho laminado e a folha de louro. Rega-se com vinho branco e deixa-se evaporar um pouco.

Adicionam-se, finalmente, as tiras de pimento (não encontrando pimentos de curtume, use os correntes). Incorpora-se a manteiga, mexendo com uma colher de pau até obter um molho cremoso e brilhante, sem deixar ferver.

Emprata-se o bife, regando-o com o molho da frigideira. Serve-se de imediato.

* Os pimentos ditos de curtume ou pimentas da terra em calda são uma especialidade tipicamente açoriana. Conservados em vinagre e sal marinho, dão um toque forte e picante a alguns pratos regionais. Também costumam ser servidos a acompanhar petiscos.

Esta receita é parte integrante do livro "Comer à Moda dos Açores" (Contraponto), com autoria de Rúben Pacheco Correia.

Receita do parceiro
J.M.A

Em destaque

Vídeos

Reparámos que tem um Ad Blocker ativo.

A informação tem valor. Considere apoiar este projeto desligando o seu Ad Blocker.

Pode também apoiar-nos subscrevendo a nossa , as nossas notificações ou seguindo-nos nas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.