De acordo com a Parra Wines, durante a vinificação de um vinho, uma das etapas mais importantes é o processo de clarificação, em que o mosto se separa das partículas sólidas que ainda persistem, de forma a clarificar e filtrar o líquido. Neste processo, normalmente, recorre-se à adição de gelatinas de origem animal, cola de peixe ou clara de ovo.

É aqui que entram a seleção de vinhos vegan, ou seja, não recorrem a nenhum dos produtos acima mencionados. E são cada vez mais produtores a evitar ingredientes de origem animal ou derivados na sua clarificação. Desta forma, conseguem obter a certificação Vegan e permitindo que os consumidores possam degustar um copo de vinho respeitando o seu conceito e estilo de vida.

Os vinhos são certificados pela entidade V-Label, um selo único de qualidade para produtos e serviços veganos e vegetarianos, em toda a Europa. Na Parras Wines não recorremos a ingredientes de origem animal ou derivados, garantindo que todos os consumidores cumprem o seu conceito de alimentação.

Veja na galeria abaixo alguns desses vinhos portugueses à venda no mercado.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.