A prova “O Melhor Pastel de Nata” promovido pela Confraria do Pastel de Natal decorreu ontem, no âmbito do evento Peixe em Lisboa. O júri, composto por José António Silva e Sousa, em representação da Confraria, o enólogo Domingos Soares Franco e os Chefes Vítor Sobral e David Pasternack, teve a difícil missão de provar pastéis provenientes de 11 estabelecimentos: a pastelaria Cristal ( na rua de Buenos Aires, 25, em Lisboa), a Pastelaria Chique de Belém (2º lugar), o Hotel Ritz, (3º lugar), o Estabelecimento Prisional do Linhó, o Hotel Palácio (Estoril), o Hotel Altis (Lisboa), a pastelaria Aloma (Lisboa), a pastelaria Gregório (Sintra), a pastelaria Versalhes (Lisboa), a pastelaria Sacolinha (Cascais), o restaurante Martinho da Arcada (Lisboa) e o Restaurante Mercado do Peixe (Lisboa).
O júri teve em conta a frescura dos pastéis, a qualidade da massa, o teor de açúcares, o aspecto, a cozedura e, claro, o sabor, para eleger o melhor à prova, numa iniciativa inédita em Portugal.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.