A casa produtora de vinhos Niepoort reeditou em 2021 o concurso que desafia os criadores a desenharem um rótulo capaz de interpretar o espírito “cool e funky” dos vinhos Nat Cool. No seguimento do repto lançado em maio, a segunda edição do concurso internacional “Natcool Creative Contest” acolheu dezenas de candidaturas nacionais e internacionais. O ponto de partida para as criações é a imagem original do artista Francisco Providência, a barra e os olhos representados no rótulo da garrafa.

Anunciados os premiados, destaque para o primeiro lugar de Márcia Teixeira, portuguesa, que se inspirou no convívio, música, dança e espírito cool da marca, e criou uma vívida “festa NatCool!” no seu rótulo desenhado à mão, com caneta.

Música, dança e espírito cool inspiram rótulo português vencedor de concurso internacional
Rótulo vencedor do segundo lugar no concurso. Niepoort

O segundo lugar pertence a Sarah Barbuto, italiana a viver em Espanha, que incorporou o rio (e o coração do) Douro, numa ilustração digital. O terceiro lugar foi para o desenho digital de João Cardoso, também português, que adicionou uma câmara fotográfica aos olhos provocadores que observam o utilizador no rótulo original.

O júri do Natcool Creative Contest 2021 foi constituído por Dirk Niepoort (presidente da Casa Niepoort), Daniel Niepoort  (sexta geração da família Niepoort e embaixador do movimento Nat Cool), Joana Emídio (designer da Niepoort), Tiago Dias da Silva (Marketeer e Director-geral da Quinta Maria Izabel, no Douro), Susana Chasse (artista e pintora portuguesa), Paulo Vinhas (editor e curador português) e por Le Brimet (co-fundador e diretor criativo da CLINK).

Música, dança e espírito cool inspiram rótulo português vencedor de concurso internacional
Rótulo que arrecadou o terceiro lugar. Niepoort

“Ficamos sempre muito felizes quando percebemos o nível de adesão por parte do público face aos vinhos que fazemos, e às iniciativas que propomos. Tal como o próprio espírito Nat Cool, voltámos a unir várias gerações com diferentes contextos e paixões, num projeto focado em honestidade, frescura, aroma e respeito por cada região vitivinícola e cuja essência vai, literalmente, além-fronteiras”, afirma Dirk Niepoort.

De acordo com a organização da competição, “estão novamente prometidas futuras edições deste concurso internacional”.

A vencedora do concurso arrecada um prémio de 500 euros em vinhos tal como anunciou a Niepoort em maio último.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.