O Moscatel de Setúbal de 1999 foi distinguido com o International Fortified Muscat Trophy, o nível mais elevado na atribuição de prémios no que toca ao campo dos vinhos já galardoados com uma medalha de ouro. Estes vinhos são provados novamente, por um grupo de elite de juízes, que decidem se estes são dignos de um troféu, para além da medalha de ouro que já detêm.
Este ano, 111 vinhos dos mais diversos países, como França, Portugal, Japão, Itália e Nova Zelândia, foram contemplados com um Trophy, galardão máximo do mais prestigiado e influente concurso independente de vinhos.
O Moscatel de Setúbal 1999 apresenta uma cor topázio dourada, aromas e sabores intensos a flor de laranjeira, citrinos, doce de laranja amarga, passas, figos e nozes. “Marmelade”, chá Earl Grey, damascos secos, são outros sabores que descobrirá. A envolver estes aromas e sabores encontrará uma textura suave onde o equilíbrio entre os gostos, doce, ácido e amargo é perfeito.
Também no Concurso Sélections des Vins Canada 2010 a Bacalhôa Vinhos de Portugal teve um lugar de destaque, ao receber três medalhas de ouro com os vinhos Moscatel de Setúbal 2003, Dom Martinho 2006 e Só Syrah 2007.
Os vinhos Catarina 2008 e Quinta do Carmo 2005, foram outros dos premiados neste mesmo concurso, tendo obtido uma medalha de prata.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.