Chama-se Mafalda Sena, é arquiteta mas nas redes sociais é autora da página 'Senas Saudáveis'. O sucesso da sua conta de Instagram - que nasceu em 2017 com o intuito de partilhar o seu estilo de vida e criações saudáveis com o mundo – e a sua natureza empreendedora permitiram-lhe criar inúmeros projetos ligados à área da alimentação saudável. Este mês, as suas melhores receitas (e mais umas quantas exclusivas) saltaram diretamente do Instagram para as páginas do seu primeiro livro, intitulado 'Senas Saudáveis'. Desde pratos sem glúten e sem lactose a receitas 100% vegetarianas, aqui é possível encontrar opções saudáveis que facilmente se adaptam a toda a família. O SAPO Lifestyle esteve à conversa com a influenciadora sobre este novo projeto.

Para quem não a conhece e à sua história, quem é a Mafalda Sena antes e depois da criação da página de Instagram Senas Saudáveis?

Desde os seus 8/9 anos que sempre fui a mais gordinha do grupo. No entanto, nessa altura, isso não me fazia confusão pois sempre fui muito bem disposta e animada e sempre me senti muito enturmada e feliz. Mas a partir dos 20 anos, quando comecei a ligar mais à aparência, percebi que as roupas que as minhas amigas e irmãs vestiam a mim não me assentavam bem. E, muitas vezes, não conseguia encontrar o meu tamanho nas lojas. Isso incomodava-me e percebi que tinha de fazer alguma coisa para mudar. Procurei um nutricionista, que me esclareceu todas as dúvidas, e que fez com que entendesse que a saúde e a alimentação andam de mãos dadas. Depois encontrei um personal trainer que me conseguiu pôr o bichinho do desporto e que fez com que este se tornasse um hábito. Desde então, nunca mais parei e decidi criar o Senasaudáveis para partilhar com todos, e não só com família e amigos, esta jornada.

A Mafalda sempre cresceu a reunir a família inteira à mesa e sempre viu na sua avó paterna e na sua mãe duas grandes referências na arte de bem cozinhar. Com que idade é que percebeu que tinha mão para a cozinha e esta se tornou numa verdadeira paixão?

Diria que com os meus 15 anos comecei a perceber que era realmente uma coisa que eu gostava muito de fazer.

‘Senas Saudáveis’ é o nome do seu primeiro livro e é o concretizar de um sonho. Como surgiu esta oportunidade?

Fui contactada por várrias editoras e percebi que esta era uma necessidade de quem me seguia. Já estavam fartos de fazer scroll no Instagram a procurar receitas.

Aqui estão reunidas mais de 70 receitas rápidas e sem restrições. Foi fácil fazer a seleção daquilo que ia integrar este livro?

Foi relativamente fácil, porque sei quais são as receitas mais recriadas e as mais apreciadas por todos.

Livro Senas Saudáveis
Bárbara Tomaz

Aos 25 anos mudou radicalmente o seu estilo de vida e alimentação e, parte do segredo da sua mudança, residiu em recriar os seus pratos preferidos com recurso a alimentos saudáveis. O pão express da Sena – que deu origem a uma linha de produtos para fazer em casa – foi a sua primeira invenção saudável?

Sim, essa foi uma das minhas primeiras receitas, já que o meu nutricionista me aconselhava comer de manhã um ovo, sementes de linhaça e sementes de cânhamo, e daí surgiu a ideia do Pão Express da Sena.

De todas as suas criações, qual é a receita de que mais se orgulha e porquê?

A pizza da Sena, com base de batata doce, porque agrada a miúdos e graúdos.

Nas redes sociais sempre teve a preocupação de partilhar receitas que se adaptam a diversos regimes alimentares: paleo, keto, vegan, low carb ou sem glúten. No livro também vamos encontrar este tipo de opções?

Sim, no livro temos receitas para todo o tipo de regimes alimentares.

Onde vai buscar inspiração para a criação de novas receitas?

Pesquiso muito, sigo muitos criadores de conteúdo desta área portugueses e internacionais e depois tento recriar e adaptar. Olho para o que tenho em casa, tento fazer combinações e muitas vezes resultam bem.

Qual o segredo de converter uma receita tipicamente calórica em algo mais saudável mas sem perder sabor? É um processo desafiante com muito tentativa e erro?

Hoje em dia já tenho mais noção do que é que vai correr bem ou mal. Mas tem muito a ver com tentar encontrar soluções idênticas mas nutricionalmente mais interessantes.

Qual o maior elogio que podem fazer a uma receita sua e quem são as suas maiores cobaias?

Que a receita parece muito pouco saudável, por ser tão apelativa, e que sabe igual ou melhor do que a receita tradicional a que estão habituados. O meu marido e família são quem tem sempre que provar em primeira mão, quer seja bom ou mau.

É a prova viva de que a alimentação saudável não tem de ser sinónimo de sacrifício. Este livro pode ser um bom aliado para todos aqueles que, tal como a Mafalda, querem alterar o seu estilo de vida e começar a cozinhar de forma mais saudável?

Sem dúvida. É um estilo de vida, é algo que temos que levar para o resto dos nossos dias e encontrar uma alimentação saudável e saborosa, como as receitas que apresento neste livro, é uma mais-valia.

A sua mão para a cozinha valeu-lhe a participação no programa de televisão MasterChef Portugal. Qual o maior ensinamento que tirou desta experiência?

Organização e melhorei muito as minhas técnicas de cozinha.

Ao longo dos anos lançou uma linha de produtos para fazer em casa com o seu nome em parceria com o Celeiro, uma linha de tisanas e temperos biológicos, uma marca de roupa desportiva e agora este livro. Gostava de dar continuidade a estes ou a outros projetos?

Sim. Acho que agora é um caminho sem volta. A minha criatividade é inesgotável e vou querer sempre criar mais produtos que facilitem a minha e a vida dos outros.

Um curso de cozinha faz parte dos seus planos para o futuro?

Já fez, agora não. Acho que o MasterChef Portugal foi o “curso de cozinha” que precisava.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.