Os chefes de cozinha Ljubomir Stanisic e Hélio Loureiro estiveram entre os jurados que, a 20 de junho, deram a conhecer publicamente, na Alfândega do Porto, o doce que para o futuro ficará conhecido como “Delícia do Porto” e que resulta de uma competição que nos últimos meses envolveu pasteleiros profissionais e amadores.

O concurso partiu da seguinte premissa, apontada pela organização: "Olhamos para Aveiro e vemos-lhe os ovos moles, para Sintra, os travesseiros e para Tentúgal, os pastéis de nome homónimo. À cidade do Porto, não lhe associamos imediatamente um doce". Desta forma, coube à Invicta procurar o doce que melhor represente a sua identidade.

Os participantes teriam que responder a alguns princípios na confeção dos seus doces: Receita genuína, inovadora, de origem local, sem aditivos e conservantes e, importante, “que revelem a alma da região”.

Com os quatro finalistas anunciados previamente na página da iniciativa, os jurados deliberaram que caberia o primeiro lugar a Gabriela Ribeiro, candidata com um doce em forma de coração, inspirado na doçaria conventual da cidade.

A propósito do doce que criou, conta a vencedora: “A paixão pela doçaria conventual levou-me a homenagear e lembrar o extinto Convento de S. Bento da Avé Maria do Porto que se situava onde está hoje a emblemática estação de S. Bento.  Os ingredientes de algumas das receitas deste Convento, tais como, o milho, o pão e as trouxas de ovos serviram de ponto de partida para a criação da minha peça à qual adicionei ainda o feijão branco. O formato do doce prende-se com a doação que D..Pedro IV fez do seu coração à cidade do Porto como forma de agradecimento à lealdade do povo do Porto  à causa Liberal”.

A vencedora arrecadou um prémio de dez mil euros, assim como o direito de participar em iniciativas onde a sua receita venha a ser promovida. A “Delícia do Porto”, ficará brevemente disponível nos canais normais de venda ao público, pastelarias, hotelaria, caves de vinho do Porto e cruzeiros no Douro. Além de Gabriela Ribeiro, como finalistas ficaram as propostas de Rui Pereira, do restaurante “Forninho da Granja”, Joana Sousa, mentora do projeto “The Pastry Lab”, e Sandro Silva, da pasteleria “Natas D’Ouro”. O concurso foi organizado pela empresa alimentar Lezíria das Delícias, e contou com o apoio da Escola de Hotelaria e Turismo, da Associação dos Industriais de Panificação, Santa Casa da Misericórdia do Porto, entre outras entidades.

O concurso foi organizado pela sociedade Lezíria das Delícias.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.