O concurso, organizado pela Câmara de Agricultura do Norte (CAN), tem o
patrocínio da Amorim, parcerias com a Exponor "Feira Internacional do Porto"
e com o ICEP, o apoio do Ofício Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) e da
União Internacional dos Enólogos (UIOE), para além da colaboração de
inúmeras entidades ligadas directa ou indirectamente ao sector vitivinícola.
Apesar da importância que o sector dos vinhos assume há muito em Portugal,
foi a CAN que pela primeira vez realizou no nosso país um concurso
internacional de vinhos, estava-se então em 1998. Os principais objectivos
dessa iniciativa, que se mantém inteiramente validos, passavam por:
- promover internacionalmente o principal produto agrícola nacional;
- promover o país, reforçando a ideia de qualidade, diferenciação e
inovação;
- desenvolver uma contínua e gradual integração de Portugal na rota dos
Concursos Internacionais;
- estimular o consumo de vinho de qualidade;
- internacionalizar e reforçar a competitividade das empresas portuguesas do
sector agrícola/enologia, em paralelo com sectores afins (cortiça, vidro,
turismo, etc.);
- incentivar o acréscimo da produtividade com qualidade;
- fomentar e dinamizar as relações entre o tecido empresarial, o Estado e as
entidades científicas/tecnológicas;
- promover as regiões ao nível agrícola, cultural, turístico, etc.
Desde essa altura, e perante a receptividade demonstrada pelos
intervenientes, tanto a nível local como no estrangeiro, a CAN organizou já
a segunda edição do Concurso, em 2000, preparando agora a terceira.
Na sequência da parceria com a Exponor, vai haver uma exposição de todos os
vinhos premiados no III Concurso Internacional de Vinhos "Cidade do Porto"
durante a Expovinis 1: Salão Internacional de Vinhos, a decorrer de 20 a
22 de Junho em Leça da Palmeira.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.