A Utilização de gelatinas quentes e frias, de alginatos e de azoto líquido na culinária é o tema de mais um seminário teórico-prático no âmbito da Gastronomia Molecular: do Laboratório para a Cozinha. A iniciativa que decorre no próximo dia 5 de Fevereiro é organizada pelo Instituto Superior de Agronomia de Lisboa, através do centro de Botânica aplicada à Agricultura, dirige-se a Chefes de Cozinha.
O seminário pretende, mais uma vez, demonstrar a importância dos princípios da ciência aplicados na confecção gastronómica, como forma de optimizar resultados. A utilização do agar-agar que permite a confecção de gelatinas quentes; os alginatos, como agentes gelificantes para a confecção de bolinhas de aspecto idêntico às do caviar; o azoto líquido que permite a preparação quase instantânea de gelados, vão estar em destaque no seminário.
Fica, abaixo, uma breve descrição do programa:
9h30 – Entrega de documentação e apresentação
10h00 – Gelatinas convencionais, gelatinas quentes: apresentação do agar
11h00 – Café
11h15 – Os alginatos e a sua aplicação na culinária
12h00 – O azoto líquido e a sua aplicação na culinária
13h00 – Almoço
14h30 – Sessões práticas
18h30 – Encerramento
O seminário decorre em salas de aula do edifício principal do Instituto Superior de Agronomia, na Tapada da Ajuda.
Mais informações: Tel. 213 653 558
Saiba mais sobre a Gastronomia Molecular

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.