Após a avaliação por parte de especialistas nacionais e internacionais de mais de 1300 referências portuguesas, o Concurso Vinhos de Portugal 2019, anunciou a 10 de maio, no Porto, a lista dos “Grandes Prémios”, ou seja, os sete néctares que se distinguiram entre os 423 medalhados (das quais 29 na categoria Grande Ouro, 98 de Ouro e 296 de Prata).

As regiões da Bairrada, Douro, Dão, Alentejo e Península de Setúbal viram os seus vinhos galardoados com o prémio máximo atribuído pela ViniPortugal, entidade que organiza o concurso.

O Melhor do Ano”
Quinta Vale D. Maria Vinha da Francisca (2016), do Douro. Produtor: Aveleda, S.A.

“O Melhor do Ano Licoroso”
Alambre Moscatel de Setúbal 20 anos, da Península Setúbal. Produtor: José Maria da Fonseca Vinhos, S.A.

“O Melhor do Ano Varietal Tinto”
Grande Rocim (2015), do Alentejo. Produtor: Rocim Agroindústria. Lda

“O Melhor do Ano Varietal Branco”
Villa Oliveira Encruzado (2016), do Dão. Produtor: O Abrigo da Passarela, Lda

“O Melhor do Ano Vinho Tinto”
Quinta Vale D. Maria Vinha da Francisca (2016), do Douro. Produtor: Aveleda, S.A.

“O Melhor do Ano Vinho Branco”
Quinta Pedra Escrita Reserva Bio (2017), do Douro. Produtor: Rui Roboredo Madeira, Vinhos, S.A.

“O Melhor do Ano Espumante”
Luiz Costa Pinot Noir & Chardonnay (2015), da Bairrada. Produtor: Caves São João, Lda.

No compito geral, no que respeita a medalhados, o Douro foi a região que recebeu mais medalhas “Grande Ouro” do júri, recolhendo 11 emblemas, seguindo-se a região do Alentejo, com sete medalhas, e Dão, com quatro medalhas.

A lista completa de premiados está disponível no site do Concurso Vinhos de Portugal e pode ser consultada aqui.

À semelhança das edições anteriores, o Concurso Vinhos de Portugal 2019 teve uma primeira fase, realizada no CNEMA, em Santarém, na qual cada vinho foi apreciado em prova cega por um júri composto por especialistas em vinhos, nacionais e internacionais, entre enólogos, jornalistas, sommeliers e outras entidades ligadas ao vinho. Com base nas escolhas feitas na 1.ª fase do Concurso, o Grande Júri, composto por Dirceu Vianna Júnior (MW), do Reino Unido, Evan Goldstein (MS), dos EUA, Thomas Vaterlaus, da Suíça, Bento Amaral e Luís Lopes, presidente do Concurso, escolheu os grandes vencedores do Concurso Vinhos de Portugal, atribuindo as medalhas Grande Ouro e os Melhores do Ano.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.