Em “As minhas receitas de bacalhau” (edição Casa das Letras – Grupo Leya), o chefe Vítor Sobral e a sua equipa, inspiram-se na tradição culinária portuguesa em torno do “fiel amigo” e, paralelamente, abrem caminho à inovação. São perto de 600 páginas e 500 receitas arrumadas em diferentes categorias: “receitas base”, “sopas”, “saladas e petiscos”, “receitas de família”, “receitas de autor”.

Entre as muitas propostas há o original “Fricassé de lascas de Bacalhau e camarão com rosti de batata e coentros”, o clássico “bacalhau com todos”, o excêntrico “Bacalhau marinado com ouriços-do-mar e azeite de rúcula”, as imprescindíveis “pataniscas”.

A obra, que nasceu depois de uma viagem do chefe à Noruega, apresenta para além do repertório de sabores para os tachos, uma componente informativa em torno da história, pesca, espécie, tradição, utilizações e conselhos culinários relacionados com o bacalhau da Noruega.

A este propósito, diz-nos a apresentação do livro: “é, naturalmente, impossível chegar ao estatuto atual do bacalhau da Noruega sem que este se confunda com a própria cultura do país, sem povoar hábitos diários e mundos imaginários”.

O chefe Vítor Sobral mostra-nos que, com tanta escolha, não tem de confecionar o bacalhau sempre da mesma forma.

O livro chega aos escaparates ao preço de 29,00 euros (versão e-book: 21,00 euros).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.