Rico em ácidos gordos, antioxidantes e vitaminas, o azeite é a gordura que melhor aguenta altas temperaturas para a confeção de alimentos (na fritura, por exemplo) sem se degradar. No entanto, é em cru que revela o melhor da sua composição, devendo ser acrescentado apenas quando o cozinhado está pronto, seja ele uma simples salada ou um bacalhau à lagareiro.

Podemos, inclusivamente, traçar identidades entre o azeite e o vinho, tanto na produção, como na tecnologia e no consumo.

Tem noção do bem que o azeite lhe faz?
Tem noção do bem que o azeite lhe faz?
Ver artigo

Tal como o vinho é fabricado a partir da uva, o azeite deriva do um fruto, a azeitona. Tal como no vinho, existem diferentes "castas" que conferem um sabor particular ao produto.

As variedades mais utilizadas em Portugal são a Galega, a Cordovil e a Verdeal. Tal como o vinho, o azeite é um sumo de fruta fabricado pela natureza, posteriormente tratado e embalado pela mão do homem.

Finalmente, tal como o vinho, num só azeite podemos encontrar aromas tão diferentes como nozes, maçã, morango, erva, tomate, dependendo das azeitonas utilizadas.

Como podemos provar o azeite?

Reúna alguns amigos em casa e faça a sua própria prova de azeites. Selecione diferentes tipos de azeite virgem extra, de diversas regiões e proceda da seguinte forma:

Coloque15 ml de cada azeite a 28 ºC em pequenos copos tapados com um vidro. Estes devem ser azuis para que o consumidor não seja influenciado pela cor do azeite. Aqui, o que interessa é o cheiro e sabor.

Pegue num copo e agite ligeiramente a prova.

Destape e cheire imediatamente. É a primeira sensação olfativa do azeite. Não se deve inspirar muito profundamente nem cheirar muitos azeites de uma vez porque provoca fadiga sensorial. Em casa pode utilizar só três.

Prove uma pequena quantidade, sem engolir. Deve aspirar com a boca, fazendo passar o azeite por toda a cavidade bucal.

Cuspa para o balde. Deve haver sempre um copo de água e algum alimento como fatias de maçã, para limpar a boca entre as provas.

Descreva a sensação: o final é doce, amargo ou picante? O sabor lembra frutos maduros ou frescos?

Repita a prova com outro azeite.

E ainda: Para complementar ou em alternativa à prova, sirva três pratos a cada conviva com os diferentes azeites.

Azeite: Cheirar, degustar e sentir, faça-o como um provador profissional

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.