Existem dois tipos mais comuns de dióspiros, os de roer e os moles, ou de abrir. Na sua génese, os vários tipos de dióspiros são muito semelhantes, mas estas variedades têm algumas diferenças na presença de taninos, essencialmente.

Os dióspiros de roer, ou de polpa rija, são menos adstringentes e muito semelhantes à maçã (daí que o dióspiro também seja conhecido como a “Maçã do Oriente”, pois é originário da China). Já os dióspiros de abrir, ou moles, são mais ricos em taninos e daí mais adstringentes, mas também com maior concentração de antioxidantes, que reduzem o risco de doenças cardiovasculares e degenerativas.

A nível nutricional, o dióspiro é uma fruta rica em vitaminas e minerais. É rico em potássio, enquanto apresenta um teor relevante de cálcio, fósforo e magnésio.

dióspiro assado com canela
Dióspiro assado com canela. créditos: Green Smiles

Apenas 100 g de dióspiro disponibilizam cerca de 20% da dose recomendada de ingestão diária de vitamina A, adicionando a presença de carotenóides, que no organismo se convertem em vitamina A ativa. A vitamina A é lipossolúvel, com extrema importância para o correto funcionamento do sistema imunitário e visão.

Para além da elevada presença de vitamina A e C o dióspiro tem, em menor percentagem, vitaminas C, B1, B2 e B3. E, quando falamos da presença de hidratos de carbono, dos quais açúcares, a quantidade de por 100 g é semelhante à da maçã.

O consumo de dióspiro contribui para a saciedade, pois é rico em fibras solúveis, que em muito contribuem para a regularização do trânsito intestinal. Adicionalmente, o dióspiro é rico em água, que representa cerca de 80% da sua constituição. Assim, o consumo de dióspiro, dentro das porções recomendadas, favorece a regularização da diarreia, colite e colesterol. Isto, para além de ajudar a uma pele mais bonita e ossos fortes. Atenção que uma porção equivale a cerca de meio dióspiro.

Agora vamos às receitas...

Mousse de dióspiro

A receita de Mousse de Dióspiro  tira partido da cremosidade da variedade de abrir ou mole. Na verdade, esta proposta de receita pode ser usada de várias formas, como mousse per si, como topping dos cremes de pequeno-almoço, como calda para um brownie ou como topping num iogurte com granola.

O melhor de tudo é que demora dois minutos a fazer: descascar e triturar. Mais fácil e saboroso é impossível.

Mousse de dióspiro
Mousse de dióspiro créditos: Green Smiles

Dióspiro assado com canela

Esta receita de Dióspiro assado com canela deve de ser preparada com dióspiro de roer, ou rijo. Vamos honrar as suas origens semelhantes à maçã e evidenciar toda a sua doçura. Basta lavar e levar ao forno, regado com um pouco de vinho do Porto, se gostar. Pode ser comido à fatia, polvilhado com canela em pó. Fica muito saboroso e com uma textura perfeita.

Vamos a isto?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.