O mais novo espaço do Grupo Honorato, que atualmente conta com nove restaurantes e projetos de expansão para Espanha, nasce da paixão de amigos por gastronomia, e da ponte entre os sócios. De um lado o casal apaixonado por Lisboa desde a primeira visita ao país, Douglas Gonçalves e Bere Wiest – ele, arquiteto e urbanista; ela, designer de interiores e artista plástica - era uma questão de tempo para que viessem morar na capital lusitana. Do outro, o sócio Honorato, com 26 anos de experiência, brasileiro de berço, mas que iniciou vida em Lisboa como sushiman para, logo nos primeiros anos, abrir o primeiro restaurante de sushi.

"Em certa altura o gabinete de arquitetura da minha família começou a fazer os projetos arquitetónicos dos novos restaurantes do Grupo Honorato. Todos criaram um laço de amizade que veio a se tornar uma bela parceria de negócios", explica Luiza, que se especializou em branding, em mercado de luxo, e já atuava na área de marketing e comunicação.

Kantō Fusion Food
créditos: Kantō Fusion Food

No Kantō a cozinha mescla clássicos nipônicos com a street food em ascensão no velho continente e agrada carnívoros e vegetarianos. Estes, aliás, poderão deliciar-se com receitas como o Temaki vegetariano (4,30 euros), com arroz, abacate, manga, pepino e cebolinho; o Kappa maki (4,50 euros), tradicional hosomaki de pepino. Ainda para quem busca alternativas à proteína animal, o Edamame de vagem de soja com flor de sal (4,75 euros); o quentinho Misso shiro (2,00 euros) com alho-francês, alga e tofu; e o crocante Spring roll (3,80 euros) de vegetais estão dispostos na seção de entradas.

Entre as tempuras, a sugestão é a de vegetais com molho oriental (8,50 euros); a Robata Veggie (4,00 euros) vem com vegetais fresquinhos grelhados em um espeto com molho agridoce artesanal.

Kantō Fusion Food
créditos: Kantō Fusion Food

Para os fãs de carnes e peixes frescos, uma sugestão são as Esferas de salmão (3,50 euros), com quatro croquetes de salmão preparadas artesanalmente com ervas e um molho oriental incrível.  Os Katsus com carne de porco (7,50 euros) ou salmão (8,50 euros) panados e fritos, acompanhados por arroz japonês, alga nori e molho oriental.

Na seção de asiáticos, o Picadinho oriental leva carne de vaca, arroz, vegetais, ovo estrelado e molho especial (11,00 euros). Quem aprecia os carpaccios conta com Sake kantō (14,50 euros), no qual o salmão chega à mesa braseado e servido com molho cítrico.

Kantō Fusion Food
créditos: Kantō Fusion Food

Os carnívoros vão adorar as robatas, conhecidas como um tipo de churrasco nipónico. Por lá, elas são servidas com um molho especial e o destaque vai para a Mix (15,50 euros), com suculentos pedaços de carne, frango e porco. Diretamente da Tailândia, o cardápio ainda oferece o Pad thai, o clássico que vem com noodles, arroz, vegetais e ovo e pode ser pedido com carne (9,20 euros), frango (8,70 euros) ou gambas (10,90 euros).

Para compartilhar, os combinados misturam diferentes peças de sashimis, uramakis e gunkans. Entre eles, a sugestão é o Especial Kantō com 80 unidades especiais de autoria do chefe, com peças especiais (69,90 euros).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.