Até ao dia da inauguração do frango V!ra foram dois anos de desenvolvimento. Uma dupla de anos a “virar frangos”, como explicam os fundadores - em parceria com fornecedores nacionais. Agora, estão nas Amoreiras em Lisboa, no número 190 A da Rua Silva Carvalho, a virar frangos. A ideia não é ficar por aqui, é levar o frango V!ra aos quatro cantos do mundo. “Hoje estamos em frente à casa de lingerie Ana & Carina junto às Amoreiras, amanhã queremos estar na 5ª Avenida em frente à Victoria’s Secret”, afirmam os sócios, com humor.

O V!ra é um conceito 100% português, em seis opções, “que utiliza frango certificado, privilegiando o produto nacional. Sem conservantes, sem gorduras adicionadas, temperado com flor de sal e limão e com uma pré-preparação especial numa cozinha central”, refere a equipa do restaurante em comunicado. Ainda sobre a preparação do frango, este “é desossado, marinado e passa por vários níveis de grelha, até atingir o ponto de suculência pretendido e ficar estaladiço”.

Depois de dois anos a virar frangos nasceu o restaurante V!ra
créditos: Restaurante V!ra

Por fim, o frango é cortado em cubos, o que garante uma operação mãos limpas. Frango grelhado para comer em casa, no trabalho, em piqueniques, na praia, na rua, entre outros cenários. No restaurante, é apresentado num fogareiro, com velas, o que o mantém sempre quente.

O “Molho da Casa”, versão V!ra dos congéneres de churrasqueira, fala por si. Já o molho Azeite e Ervas, conta com coentros e salsa e “poderá ter outras plantas aromáticas noutras regiões onde o V!ra possa vir a chegar".

Os donos do V!ra também quiseram trazer novidades nos sabores dos molhos e, assim, nasceram o Trufa e Parmesão, o Queijo e Bacon, e o Abacate e Iogurte. Há também opções para os amigos do picante. São cinco os molhos de piripíri feitos a partir de uma malagueta especial, para os mais ou menos afoitos.

Virando a página, estão outras especialidades a descobrir. Os acompanhamentos, as bebidas e os beberetes, os já famosos entalados - sandes de frango em versão “Da Casa” e “Trufas e Parmesão” que são complementos ideais para a refeição -, entre outras sugestões para picar, e as sobremesas.

Depois de dois anos a virar frangos nasceu o restaurante V!ra
Batatada para acompanhar. créditos: Restaurante V!ra

Os criadores do V!ra privilegiam os fornecedores nacionais. “Este projeto é também uma opção sustentável, já que conta com uma operação energeticamente eficiente e redução da utilização do plástico, dando preferência ao reciclável e reutilizável, como formas de reduzir a pegada ecológica”, referem os promotores.

O primeiro V!ra senta até 45 apaixonados pelo frango, e a equipa continua a trabalhar para abrir outros espaços.

Este é um projeto de três sócios e amigos que combina o know-how e a experiência de cada um. Da Administração de Empresas, à Restauração e Publicidade, passando pelo Franchising, Gestão Financeira e Project Finance.

Depois de dois anos a virar frangos nasceu o restaurante V!ra
créditos: Restaurante V!ra

Albano Homem de Melo junta o sucesso do projeto H3, do qual foi sócio-fundador, a uma carreira na área da publicidade em agências de publicidade multinacionais como a BBDO e a TBWA, onde foi um Diretor Criativo muito premiado, e a Young & Rubicam, onde foi Presidente e Diretor Criativo.

Restaurante V!ra

Rua Silva Carvalho, nº 190A, Lisboa

Horário: das 12h30 às 15h30 e das 18h30 às 22h30

Contactos: Tel. 934 400 740; e-mail geral@virafrangos.pt

João Noronha Lopes tem duas décadas de experiência como gestor tanto em Portugal, onde desempenhou o cargo de Diretor Geral da McDonald’s Portugal, como em vários outros países onde ocupou posições seniores de administração.

Paulo Lameiras Martins tem um longo percurso na Banca e Gestão de empresas. Antes de se juntar a este projeto, passou pelo Deutsche Bank, Banco Espírito Santo de Investimento e Haitong Bank, onde foi Global Head of Investment Banking.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.