Em tempo de pandemia global, são muitas as empresas que se mobilizam para atenuar as dificuldades que o mundo atualmente enfrenta. Uma delas é a multinacional de retalho sueca H&M, fundada em 1947, que anunciou a decisão de pôr as fábricas de confeção do grupo a produzir equipamentos de proteção individual para médicos, enfermeiros e auxiliares. "Serão fornecidos aos hospitais e aos profissionais de saúde", anunciou a marca em comunicado.

"Estamos todos no mesmo barco e devemos ter uma abordagem o mais coletiva possível para os desafios que enfrentamos", justifica Anna Gedda, responsável pela área de desenvolvimento sustentável do grupo empresarial nórdico. Entretanto, a Fundação H&M informou também que vai doar 500.000 dólares, perto de 455.000 euros, à Organização Mundial de Saúde para acelerar o desenvolvimento de testes de diagóstico, de vacinas e de tratamentos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.