María Rodríguez, fundadora do canal de YouTube Pretty and Olé, luta contra a balança desde criança. Tinha oito anos quando fez a primeira dieta. Perdeu algum peso mas voltou a recuperá-lo. Na adolescência, o uniforme escolar foi a sua salvação. Como não encontrava roupa de que gostasse do seu tamanho, era nele que disfarçava a silhueta que lhe toldava os sonhos. Com o passar do tempo, aceitou o corpo que tinha e, agora, é um dos três rostos ibéricos da campanha internacional #BodyPositive, promovida pela C&A.

"Não sou gorda, estou gorda e o tamanho não limita nem os nossos sonhos nem as nossas capacidades", defende a influenciadora espanhola. Tornar visível e empoderar a realidade das mulheres é o objetivo da iniciativa que a marca de pronto a vestir de origem alemã, holandesa e belga vai dinamizar ao longo do ano. Para além da obesidade, as cicatrizes também integram o leque das primeiras temáticas abordadas. Cristina Cerqueiras, outro dos rostos ibéricos da iniciativa, sabe bem o que é ter de lidar com elas.

Positividade corporal. Aprenda a aceitar-se como é
Positividade corporal. Aprenda a aceitar-se como é
Ver artigo

As cirurgias na anca que fez na adolescência deixaram-na com uma grande cicatriz. Na escola, vítima de intimidação, procurou sempre esconder as marcas. Para além de evitar ir à praia e à piscina, não usava saias nem vestidos mais curtos. Com o avançar dos anos, o comportamento da influenciadora digital espanhola mudou e, nos dias que correm, procura auxiliar outras mulheres com o mesmo trauma a ultrapassar o problema. "Não gostava de ver ninguém limitado por uma cicatriz nem que ninguém deixasse de fazer as coisas de que mais gosta por causa dela", diz Cristina Cerqueiras.

A nova campanha estará ativa em 10 mercados, será dinamizada através dos perfis da marca no Instagram e no Facebook e será adaptada e traduzida para todos os idiomas europeus. Para além das influenciadoras digitais María Rodríguez e Cristina Cerqueiras, a C&A convidou ainda Dafne Fernández, atriz espanhola que acaba de ser mãe pela segunda vez e que lida atualmente com as mudanças pós-parto que lhe alteraram a silhueta, para promover um conceito que tem vindo a ganhar terreno em todo o mundo.

"O movimento de positividade corporal veio desmistificar os estereótipos em torno da mulher e vem, cada vez mais, libertar-nos daquela pressão que ainda existe para que fiquemos perfeitas uma semana depois de dar à luz", expressou a artista num dos vídeos promocionais que a marca desenvolveu. "O nosso principal objetivo ao lançarmos esta campanha que reforça a positividade corporal é que todas nos aceitemos tal como somos", justifica Paula Ahicart, diretora de comunicação da C&A na Pensínsula Ibérica.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.