As unhas que são frequentemente roídas e destruídas vão-se tornando cada vez mais frágeis e quebradiças. O principal motivo por norma é a ansiedade e se a pessoa estiver aborrecida, é provável ir inconscientemente destruindo as suas belas unhas. Mas, sabia que além disso o mais provável é estar a levar inúmeras bactérias à boca sem dar por isso? É verdade, mas lembre-se que roer as unhas é apenas um pequeno problema, que esta a cometer para com elas. Siga as nossas dicas e descubra como ter umas unhas fantásticas!

Roer as unhas - O hábito de roer as unhas pode ser um sinal de stress, tédio ou até mesmo ansiedade. Pode danificar o esmalte dos dentes, deixando-os menos protegidos e mais expostos às cáries. Além disso, o contacto direto dos dedos da mão na boca pode provocar-lhe fungos, bactérias e até vírus. Embora não seja fácil deixar este vício, já existem técnicas que podem ajudar, como utilizar vernizes amargos específicos para que mal coloque os dedos à boca desista de o fazer. Entretanto, ainda não é 100% garantido pois existem pessoas que se habituam ao gosto desses vernizes.

Roer as cutículas - Outro problema comum é o facto de se roer as cutículas, aqui a melhor técnica para parar este vício é dar às suas unhas uma forma bonita para que deixe de ter esse hábito. Se desejar, passe a fazer unhas de gel e assim quando as vir tão perfeitas não terá coragem para as destruir.

Fazer as unhas sozinha - Embora seja possível fazer as unhas em casa pode tornar-se um pesadelo e sair-lhe 'o tiro pela culatra', se não tem grandes habilidades o melhor será fazer as unhas com um profissional e evitar assim certos erros.

Usar limas grossas - As limas muito grossas podem enfraquecer as unhas mais facilmente. Por isso, o ideal é optar por limas mais finas e maleáveis. Não se esqueça também de limar sempre no mesmo sentido, por vezes o facto de variar pode desgastar as pontas.

Misture o verniz com o pincel - Se tem o hábito de abanar o pincel dentro do verniz antes de o aplicar, saiba que isso pode estragar o produto e prejudicar o resultado. Isso, deve-se ao facto de entrar ar no frasco e estragar a qualidade do verniz.

Remover a cutícula - Remover completamente a cutícula expõe a pele às bactérias nocivas à saúde. O ideal, é hidratar e retirar apenas o necessário antes de aplicar o verniz.

Lime as unhas - Só costuma limar as unhas quando elas partem? Saiba que isso também altera o resultado final. O correto é limar as unhas todas as vezes que aplicar verniz, pois além de as proteger, vai aumentar a durabilidade do produto.

Aplique uma base - Ter umas unhas enfraquecidas e amareladas pode ser sinal de não o fazer. A base tem a função de proteger a superfície, além de prolongar a duração do verniz.

Removedor de verniz - Ao retirar o verniz não exagere na quantidade de acetona, pois o produto pode enfraquecer e tirar o brilho da unha. Prefira também produtos sem acetona, pois são menos agressivos e não ressecam tanto a pele.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.