Cuida bem da sua imagem? Se calhar, julga que sim mas, afinal, pode estar a fazer algo que só a prejudica. Para que não cometa erros que continuam a ser muito comuns nos dias que correm, compilámos várias das principais falhas de beleza que as mulheres mais cometem. E que você, depois de ler este artigo, também vai passar a evitar! Para uma beleza irrepreensível e sem mácula, damos-lhe soluções muito simples para escapar aos deslizes de beleza mais comuns.

1. Deitar-se sem limpar a pele

Este é um dos maiores erros que pode estar a cometer. Não deve fazê-lo porque a pele aproveita o período de descanso para recuperar os danos sofridos durante o dia, intensificando os mecanismos de regeneração celular. Para que este processo possa ocorrer, é essencial que a epiderme esteja limpa. Os poros obstruídos durante toda a noite levam ao envelhecimento mais rápido e ainda à maior propensão para o aparecimento de imperfeições e borbulhas.

Para não cometer este erro, opte por soluções de limpeza ou de desmaquilhantes que permitam com uma única passagem eliminar todas as impurezas e vestígios de maquilhagem. Os toalhetes e os produtos com fórmulas 2 em 1, que aliam uma ação de limpeza a um tónico e que encontra facilmente em qualquer superfície comercial, são uma opção validada pelos especialistas do setor. Ainda por cima, são leves e fáceis de transportar, pelo que os pode ter sempre por perto.

2. Esquecer-se de proteger as mãos

É outro erro. Não deve fazê-lo porque as mãos não só estão expostas durante todo o ano, como, no período de maior exposição aos raios solares, são frequentemente esquecidas. Na sequência disso, as mãos envelhecem precocemente, evidenciando rugas e manchas. Na praia, sempre que aplicar o protetor solar, não se esqueça das mãos. No dia a dia, use um creme hidratante e nutritivo com fotoproteção solar e com uma ação antimanchas. É a melhor arma anti-idade.

3. Confundir cabelo natural com cabelo crespo

Não deve fazê-lo, apesar de serem muitas as mulheres que ainda o fazem nos dias de hoje. É uma ótima ideia dar descanso ao secador durante nalgumas alturas e aproveitar os períodos de férias para adoptar um penteado mais informal, dando maior protagonismo aos jeitos naturais do seu cabelo. Mas isso não significa, contudo, que deva deixar todos os cuidados capilares de lado, sobretudo num período em que o cabelo está mais exposto a agressões exteriores.

Em excesso, o sol, o vento, a água salgada e o cloro das piscinas são nocivos para as hastes capilares. Para além do champô, do condicionador e da máscara reparadora que utiliza regularmente, aplique, sobre o cabelo enxuto, uma fórmula nutritiva e disciplinadora. Este gesto vai permitir-lhe não só sublimar os jeitos naturais do cabelo, como ajudar a conferir-lhe um aspeto mais cuidado e brilhante. Existem várias referências à venda no mercado.

4. Usar uma base mais escura do que a cor da pele para parecer bronzeada

É uma das queixas mais mencionadas pelos maquilhadores profissionais. Na hora de eleger uma base de maquilhagem, a maioria das mulheres tem tendência a eleger uma mais escura do que aquilo que deveria. Essa não é, no entanto, uma boa ideia, especialmente se você não tem experiência em maquilhagem. Normalmente, o aspeto é demasiado artificial e, por conseguinte, pouco favorecedor. Para contrariar esse efeito, aplique uma base da cor da sua pele.

Para saber qual é a melhor para si, faça o teste junto à linha do queixo e aplique, depois, por cima um bom pó bronzeador, para lhe dar um leve tom bronzeado. Para conseguir um efeito o mais natural possível, dê umas pinceladas leves por todo o rosto e insista nas maçãs do rosto, no nariz e no queixo, as áreas que as mulheres mais procuram valorizar. Se tem uma tez sem imperfeições, pode perfeitamente dispensar a base e utilizar apenas um pó bronzeador.

5. Deixar o verniz descascar

Exibir as unhas com a cor a descascar é proibido, nesta e em todas as outras alturas do ano. Este problema é meramente estético mas, ainda assim, não deve ser menosprezado. Se gosta de usar as unhas pintadas com tons fortes, não se esqueça de andar sempre na mala com um frasco de verniz que está a usar, para fazer pequenos retoques. Se não se ajeita como manicura, traga consigo uma embalagem de acetona e, assim que o verniz começar a lascar, remova-o logo.

6. Não redobrar o cuidado com os pés nos meses de calor

Tal como as mãos, acabam por ser menosprezados e, nos meses frios, como andam escondidos, o problema agrava-se. No verão, os passeios na areia e o uso de sandálias deixam os pés mais expostos aos fatores externos, assim como os banhos frequentes. Estes tendem, então, a ficar ressequidos. Aplique todos os dias, de manhã e à noite, um creme específico para os pés, para os manter hidratados e para prevenir a descamação, as calosidades, as gretas e até o mau odor.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.