Chegou a Portugal um novo laser que promete eficácia no combate às rugas, sem os incómodos de outros tratamentos semelhantes.

As mais avançadas tecnologias de combate às rugas parecem estar a aproximar-se dos resultados sonhados por milhões de pessoas em todo o mundo.

Se é impossível parar o tempo, o melhor é passar pelos anos com um sorriso nos lábios e procurar as fórmulas revolucionárias que a ciência encontra para lhe resistir. Usados em alternativa à cirurgia e a outro tipo de tratamentos mais dolorosos, os lasers fraccionados CO2 prometem recriar uma tez jovem em poucos dias.

Através de múltiplos pontos microscópicos aquecidos na pele, este tipo de tratamento estimula a formação de colagénio e elastina, sem danificar os tecidos envolventes. Um dos mais inovadores lasers CO2 já chegou ao consultório de alguns especialistas portugueses. Descubra o que distingue o Smartxide Dot.

As vantagens

As vantagens

Criado nos Estados Unidos e em Itália, este laser é indicado para as rugas da face, pescoço e mãos, flacidez cutânea, além das cicatrizes de acne e alterações da pigmentação cutânea. Trata-se, assegura Miguel Andrade, cirurgião plástico e estético e director clínico da clínica pioneira na aplicação deste método no país, «de um tratamento indolor, com resultados rápidos e o mínimo tempo de recuperação.

Quem se submete a este tipo de terapia a laser (desaconselhado a peles muitos escuras) tem a possibilidade de fazer imediatamente uma vida normal. O paciente só fica com um vermelho rosado, que pode camuflar com uma base própria.

Após o tratamento, o paciente precisa de usar, durante três dias, um corticóide tópico, além do creme hidratante, que deve aplicar várias vezes ao dia, e não se expor ao sol sem um protector solar alto. Outra vantagem é que é suficiente uma anestesia tópica (em creme) e na zona a tratar».

Custos e eficácia

Custos e eficácia

A capacidade de regeneração dos tecidos depende do tipo de pele e de rugas, mas nunca ultrapassa, assegura o especialista, uma semana. O número de sessões e os resultados também variam com a idade: «São mais visíveis entre os 30 e os 60 anos e nesta faixa etária podem ser necessárias duas sessões.

Pessoas com mais de 60 anos poderão precisar até três ou quatro sessões, dependendo da situação inicial e da expectativa do paciente.»
Um tratamento com recurso a este laser fraccionado pode custar entre 750 a 3000 euros, de acordo com as consultas necessárias.

Como funciona?

Como funciona?

Pela técnica tradicional, o laser faz uma varredura corrida, arrancando a primeira camada de pele, o que implica uma regeneração de cerca de três meses ou mais.

Veja na página seguinte: Onde fazer

Com o sistema fraccionado do Smartxide Dot, é possível regular a profundidade de penetração a nível cutâneo com total exactidão, permitindo tratar áreas de pequenas dimensões, sem danificar o tecido à volta, o que possibilita uma rápida cicatrização.

Onde fazer
Faccia – Cirurgia Plástica e Maxilo-Facial
Rua de Campolide 164 D
1070-037 Lisboa
Telefones: 213 714 116/7

E-mail: faccia@faccia.pt

Texto: Fátima Lopes Cardoso com Miguel Andrade (cirurgião plástico e estético)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.