A última moda nos EUA é oferecer cirurgias plásticas a casais, para que, juntos, se submetam a esses procedimentos estéticos, geralmente num sítio longínquo, com direito a viagem e estadia em hotel.

Por cá, essa moda ainda não pegou, mas já existem muitas técnicas que lhe permitem moldar o seu corpo à imagem que sempre idealizou.


Abdominoplastia

Cirurgia que permite alisar a barriga e que implica «remover o excesso de pele e gordura da parte média e inferior do abdómen; esticar e juntar os músculos abdominais; e recolocar o umbigo», refere Joaquim Seixas Martins.

Um procedimento que custa entre 1250 € a 2500 €. Caso não se mova o umbigo trata-se de uma operação menos extensa, chamada miniabdominoplastia, que custa entre 1000 € e 2000 €.

«Por outro lado, quando ocorrem perdas maciças de peso é necessário recorrer a um bodylift geralmente aplicado na parte inferior do corpo (abdómen, coxas, nádegas e costas)», acrescenta.


Braquioplastia

Quando existe excesso de pele nos braços poderá ser útil recorrer a esta cirurgia. «Reduz o volume do braço através da remoção do excesso de pele e gordura flácida», refere o cirurgião plástico.

«Implica uma cicatriz na parte interna do braço, muitas vezes em ziguezague», acrescenta o especialista. Pode ser necessário aspirar alguma gordura (lipoaspiração do braço) ao mesmo tempo. Procedimento esse que custa entre 750 € a 1350 €.


Mastopexia

Técnica semelhante à cirurgia de redução mamária e que permite corrigir um peito caído, ao remodelar a forma da mama e reposicionar e/ou reduzir o mamilo e aréola.

«Pode ser necessário reduzir a mama, retirar volume ou só esticar a pele e isso implica sempre cicatrizes. Inclui anestesia geral e internamento durante 24 horas», explica o especialista.

A paciente recupera do processo num prazo que varia entre os 10 e os 15 dias. Custa entre 1500 € e
3500 €.


Lipoaspiração

Surgiu como uma alternativa aos liftings e veio revolucionar por completo a cirurgia estética. Consiste na aspiração de gordura interna em excesso através de uma cânula fina (2,5 mm), o que significa uma cicatriz mínima.

Não implica remoção de pele, mas a própria cânula vai promover a retracção cutânea, ou seja, a pele adapta-se ao novo volume e retrai. Pode ser realizada em diferentes partes do corpo (rosto, pescoço, braços, costas, nádegas, pernas, tornozelos...) e sob anestesia local, o que tem muitas vantagens.

«É mais segura, o paciente colabora na cirurgia e é também menos dispendiosa», sublinha o especialista. Uma lipoaspiração à barriga custa entre 1000 € a 2000 €.


Texto: Vanda Oliveira com Joaquim Seixas Martins (cirurgião plástico)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.