Existirá melhor forma de analisar as propriedades de uma flor do que observá-la no seu habitat natural? A cosmética acredita que não e são cada vez mais as marcas que desenvolvem verdadeiros jardins botânicos para se dedicarem ao estudo do mundo vegetal.

Como resultado, vários laboratórios têm vindo a criar fórmulas à base de extractos de pétalas de rosa, orquídea, lótus e muitas outras espécies florais. O objectivo? Conferir toda a beleza e vitalidade à pele. Eis algumas das protagonistas!

Orquídea orchis mascula

Famosa pela sua beleza, a orquídea é dotada de uma longevidade fora do comum. A sua capacidade de renovação celular permanente chamou a atenção dos laboratórios Garnier que a estudaram no âmbito da pesquisa anti-idade.

Das cerca de 30 mil espécies existentes, seleccionaram a orchis mascula por ser particularmente rica em polifenóis, antioxidantes e polissacarídeos. O extracto, obtido através de um processo amigo do ambiente, revelou ser capaz de estimular o metabolismo das células da pele. A orquídea é o ingrediente-chave da gama Orquid Vital, de Garnier, para peles maduras.

Rosa centifolia

Esta flor híbrida, criada a partir da combinação de várias rosas, tem um perfume intenso e muitas pétalas. Estas contêm mucilagens (líquido gomoso), que refrescam e suavizam a pele, polifenóis, que combatem os radicais livres e taninos que tonificam e minimizam os poros, uniformizando a textura da pele.

De forma a extrair estes componentes, os laboratórios Ren submeteram as pétalas a um processo de prensagem a frio, preservando a sua pureza fitoquímica. O resultado é uma fórmula que remove as impurezas e os resíduos da poluição. A rosa centifolia é o ingrediente-chave do gel de limpeza facial Rosa Centifolia, de Ren.

Rosa

A essência de rosa figura na fórmula original do cerato de galeno, preparação utilizada pelos farmacêuticos desde a Antiguidade para apaziguar a pele reactiva. Contém polifenóis, antioxidantes que protegem as flores contra as agressões externas e asseguram a sua frescura natural.

Uma extracção a frio das suas pétalas permitiu aos Laboratoires Vichy isolar estes activos conservando intactas as suas propriedades. Assim nasceu a nova gama da marca, com propriedades hidratantes e apaziguantes para proteger e revelar a luminosidade da pele. A rosa é o ingrediente-chave da gama Essentielles, de Vichy, para rosto e corpo.

Calêndula officinalis

Conhecida como a flor de todos os meses, é uma planta originária da bacia mediterrânica. As suas flores possuem propriedades medicinais, sendo ricas em flavonóides e em carotenóides. Para combater as rugas de expressão instaladas, o laboratório Nuxe desenvolveu um extracto a partir das suas pétalas.

Testes in vitro demonstram que o extracto tem uma acção antioxidante equivalente à da vitamina E, aumenta a produção de colagénio e inibe as metaloproteinases, enzimas responsáveis pela destruição do colagénio. A calêndula officinalis é o ingrediente-chave da linha Merveillance de Nuxe, para rugas de expressão instaladas.

Veja na página seguinte: As propriedades do hibisco e das flores negras

Flor de hibisco

Entre as inúmeras variedades que florescem nas regiões tropicais, o hibiscus sabdariffa distingue-se pela sua altura (atingindo os dois metros).

As suas flores vermelhas, ricas em vitaminas, são utilizadas na medicina tradicional para produzir o chamado chá rosa, revigorante e depurativo.

Na cosmética, são utilizadas por serem ricas em ácidos orgânicos com propriedades esfoliantes. Clarins utiliza-as numa loção que elimina as células mortas, revelando a luminosidade da pele. A flor de hibisco é o ingrediente-chave de Lotion de
Réveil Défroissante, de Clarins.

Flores negras (orquídea, rosa e papoila negras)

Extremamente raras, as flores negras são ricas em substâncias que beneficiam a juventude cutânea. O extracto de rosa negra é rico em taninos, compostos fenólicos e flavonóides (com acção desintoxicante e alisadora), o extracto de orquídea negra (rico em flavonóides, é antioxidante e nutritivo) e o óleo de papoila negra, com elevada concentração de ácidos gordos, apresenta uma acção nutritiva, reparadora e protectora.

Estas propriedades foram aplicadas pelos laboratórios Lierac no desenvolvimento de uma linha exclusiva de produtos com acção antienvelhecimento. As flores negras são o ingrediente-chave da linha Premium para o preenchimento de rugas.

Lótus Branco

Delicada, esta flor possui propriedades relaxantes e apaziguadoras. Para avaliar os seus efeitos na pele, os laboratórios Kenzo desenvolveram uma plantação própria, na província chinesa de Zhejiang. Recentemente, utilizaram um método de avaliação, que consiste em medir a taxa de cortisol, uma hormona naturalmente presente na saliva, que aumenta num ambiente de stress e diminui num contexto relaxante.

O teor de cortisol foi medido antes e depois da aplicação de uma nova fórmula desenvolvida para o contorno dos olhos e muito concentrada em lótus branco, observando-se uma diminuição de 13 por cento. O lótus branco é o ingrediente-chave da linha Belle de Jour, de Kenzoki.

Texto: Vanda Oliveira

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.