A atividade física é essencial para o desenvolvimento saudável das crianças. As crianças ativas são mais saudáveis, mais fortes, mais sociáveis e mais confiantes. Para as crianças, a melhor forma de fazer atividade física é brincar.

Nesta fase em que as crianças estão determinadas a explorar e experimentar o mundo à sua volta é provável que tenha a sensação de que a sua não necessita de mais estímulos para ser ativa. Mas, infelizmente, nos dias de hoje, as crianças acabam por ter a sua tendência natural e o prazer que têm em serem ativas limitados pela falta de tempo, espaço, segurança e outras condições da vida moderna.

Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 12 - 15 meses
Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 12 - 15 meses
Ver artigo

O que são brincadeiras ativas?

As brincadeiras ativas são todas as atividades físicas feitas pelas crianças que incluem momentos de maior intensidade, ou seja, que fazem com que o coração fique mais acelerado e a respiração mais ofegante.

As brincadeiras ativas podem ser estruturadas ou não estruturadas. As brincadeiras ativas estruturadas são um tipo de atividade organizada que envolve regras, limites de tempo ou equipamentos especiais. São exemplos de brincadeiras ativas estruturadas as aulas de natação, de dança ou de ginástica, e os jogos desportivos. Já as brincadeiras ativas não estruturadas são atividades ou jogos espontâneos, como dançar em casa ao som de uma música, correr com os amigos, gatinhar, saltar, jogar à bola ou brincar num parque.

Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 15 - 18 meses
Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 15 - 18 meses
Ver artigo

De quanto tempo de brincadeiras ativas precisa a criança?

As brincadeiras ativas são essenciais para todas as crianças. Alguns especialistas recomendam que crianças dos 12 meses aos 5 anos tenham liberdade para estarem ativas por, pelo menos, 3 horas por dia, em intervalos repartidos ao longo do dia. Nestas ocasiões, devem ter oportunidade para realizar livremente atividades leves, moderadas e intensas, de acordo com a sua disposição.

As crianças devem ter oportunidades diárias e constantes para fazer aquilo que melhor sabem: movimentar-se livremente, brincar e explorar.É também importante combater o sedentarismo e evitar que as crianças passem longos períodos em cadeirinhas, carrinhos, em frente dos ecrãs de televisão, ou restritas a espaços muito pequenos.

É comum vermos os pais aflitos e aborrecidos porque as suas crianças não param de correr no supermercado, no restaurante ou em qualquer outro ambiente em que tenham um pouco mais de liberdade. Temos de pensar se esta não é uma forma das crianças extravasarem as suas energias quando passam horas a fio impedidas de o fazer. Se tiverem mais oportunidades para serem ativas, como é natural para uma criança nesta fase, certamente serão mais cooperantes.

Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 18 - 24 meses
Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 18 - 24 meses
Ver artigo

A televisão merece aqui uma atenção especial pois é um dos grandes obstáculos da vida moderna para uma vida ativa de crianças e adultos. Quando utilizada de forma inadequada, tem ainda outras implicações negativas no desenvolvimento global da criança.

São recomendações dos especialistas

- Crianças com menos de 2 anos de idade não devem ver televisão.

- Dos 2 aos 5 anos de idade as crianças não devem passar mais do que 1 hora por dia a ver televisão ou a jogar jogos de ecrã.

Qual o papel dos pais nesta fase?

Os pais exercem uma forte influência nos comportamentos e preferências das crianças pequeninas. No que diz respeito à atividade física, fazem isso através das oportunidades que criam para que os filhos sejam ativos, das atitudes em relação às brincadeiras dos filhos e do exemplo que dão. Os hábitos e as preferências de pequenina vão influenciar a criança para o resto da vida.

Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 2 - 3 anos
Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 2 - 3 anos
Ver artigo

Procure dar à sua criança oportunidades regulares de explorar de forma livre e segura diferentes ambientes, dentro e fora de casa. Com a falta de tempo e, muitas vezes, de espaços adequados e seguros, é necessário dar prioridade à esta necessidade da sua criança e reservar algumas horas durante a semana para isso. Uma ida semanal a um parque pode ser um bom começo! Tenha atitudes positivas em relação às brincadeiras da sua criança. Incentive-a a brincar, participe nas suas brincadeiras, elogie as suas conquistas e anime-a quando algumas atividades não correrem tão bem.

À medida que ela cresce vai gostar cada vez mais de decidir o que fazer ou o que não fazer. Ajude-a a descobrir aquilo que gosta de fazer propondo novas atividades. Mas siga os seus interesses e também a sua disposição do momento. Por vezes, a criança quer brincar sozinha ou, simplesmente, observar o mundo ao seu redor, o que também é muito importante para o seu desenvolvimento. Ao propor novos desafios, tenha também atenção ao que a sua criança já é capaz de fazer para que ambos não fiquem frustrados e não se percam a autoconfiança e o prazer necessários para uma vida ativa.

Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 3 - 5 anos
Desenvolvimento da criança e brincadeiras ativas: 3 - 5 anos
Ver artigo

Não se esqueça que o seu exemplo vale mais do que aquilo que diz. A criança copia tudo aquilo que vê nos adultos. Seja também um bom exemplo de vida ativa e saudável. Se o seu tempo livre é quase todo passado à frente da televisão ou do computador, é de esperar que a sua criança também o queira fazer ou se distraia das suas atividades para estar atenta à televisão. É assim que deseja ver a sua criança a passar o seu tempo livre?

Da próxima vez que o seu filho chutar a bola na sua direção, pense duas vezes antes de adiar esta oportunidade de brincarem juntos. Desligue a televisão ou o computador e divirtam-se por alguns minutos! As brincadeiras em família são também uma excelente oportunidade de se conhecerem ainda melhor e de fortalecerem os laços.

Para mais informações consulte www.papabem.pt

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.