A notícia é avançada esta terça-feira (28/02) pelo Jornal de Notícias.

Sónia Castro, de 23 anos, estudante, e o namorado, pai do bebé que lhe foi retirado pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Matosinhos, contestam os factos.

O bebé nasceu este mês, no dia 4 de fevereiro, no Hospital Pedro Hispano, na mesma cidade. Mas seis dias depois, a criança foi-lhes retirada pela CPCJ.

Os motivos para a retirada da criança apresentados pelos técnicas da CPCJ levaram um juiz de turno do Porto a ordenar a institucionalização da criança.

Segundo o referido jornal, o bebé está há oito dias num centro de acolhimento contra a vontade dos pais e sem autorização judicial.

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Matosinhos diz que a decisão se justifica pelo facto de haver um "risco grave para a integridade física" do bebé, escreve a RTP.

Veja como dormem os casais que estão à espera de bebé

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.