Em entrevista ao programa "This Morning", da televisão britânica ITV, Cheryl Prudham admite ser viciada em bebés e sentir "novamente o desejo de ser mãe". "O meu filho mais novo já tem um ano e sinto falta de ter um bebé nos braços", confessa.

Apesar de estar grávida, Cheryl Prudham enfrenta um processo de divórcio, movido por ela contra o companheiro, depois de descobrir mais uma traição do marido.

"Ele foi-me infiel mais de dez vezes. As coisas não deram certo desde muito cedo. Duas semanas depois de nos casarmos, ele já me traía. Naquela época, eu estava grávida de oito meses do nosso primeiro filho, Leon, e eu sentia que não havia outra escolha a não ser continuar com ele. Foi um erro mas eu era ingénua e esperava que fosse um caso isolado", contou a britânica ao "Sunday People".

Cheryl é empregada doméstica, mas obtém a maior parte dos rendimentos através de ajudas do Estado, apoios que rondam os 48 mil euros anuais. Com o 13º filho, a mulher vai passar a receber mais 846 euros por ano, estima a ITV.

Confrontada com críticas de que vive às custas do Estado, Cheryl defende-se: "Só penso nos meus filhos e na minha família".

A inglesa engravidou pela primeira vez aos 17 anos, quando morava num centro de acolhimento para sem-abrigo.

Cheryl Prudham admite ainda recorrer a um banco de esperma caso não encontre parceiros que queiram aumentar a sua descendência.

Veja ainda: Como dormem os casais que estão à espera de bebé?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.