O principal motivo do apinhamento dentário é a diferença entre o tamanho dos dentes e o espaço que existe para estarem alinhados. Há ainda a considerar a influência da musculatura perioral assim como determinados hábitos, tais como o facto da criança chuchar no dedo que também lhe pode provocar dentes tortos no futuro. O apinhamento dentário provoca algumas consequências a quem dele sofre, como a dificuldade de mastigação, de higienização, problemas estéticos e fonéticos.

A solução para o problema existe e pode ser implementada numa fase inicial. Pode utilizar-se a ortodontia removível (de tirar e pôr, adequada às crianças) ou fixa (com brackets de cerâmica, metálicos, de safira e linguais). Para os adultos, que acabam por sofrer ainda mais com este problema, existe ainda a opção Invasiglin (com alinhadores praticamente invisíveis feitos sob medida. A duração dos tratamentos varia de seis meses a três anos (com consultas mensais de 30 a 45 minutos), dependendo do grau de apinhamento dentário.

Deve recorrer-se a um médico devidamente especializado em ortodontia e oclusão para solucionar o problema. O preço de ortodontia removível varia, em média, entre os 600 € e 1.000 €. Os brackets metálicos custam entre 1.500 € a 2.000 € por arcada.  Os de porcelana, 2.500 € a 4.000 € por arcada. O recurso ao Invasiglin pode atingir 2.500 a 6.500 €. Estes são preços médios de referência, que podem variar em função da clínica selecionada e/ou do profissional contratado.

Texto: Cláudia Pinto com Miguel Stanley (médico dentista)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.