Em muitas culturas, a prática de massajar os bebés é uma arte que passa de geração em geração.

Vimala McClure, fundadora da Associação Internacional de Massagem Infantil, combinou a sua experiência prática, os efeitos positivos da massagem Indiana e da massagem Sueca, e os princípios do yoga e da reflexologia numa simples e bela rotina, que tem como objetivo promover o toque nutritivo e a comunicação.

A Massagem do Bebé é um conjunto de técnicas que se aplicam a qualquer criança. As vantagens são muitas e os benefícios não se limitam só ao nível fisiológico, vão muito para além, pois aumentam o vínculo pais/bebés permitindo uma base de confiança, segurança e de aceitação emocional importante para o desenvolvimento positivo da personalidade do bebé.

Esta vinculação não é exclusiva da mãe podendo alargar-se ao pai, avós, educadores, etc. Mesmo que as condições para este vínculo não tenham sido as mais favoráveis, a massagem é um excelente meio para potencializar esta ligação.

Para além disso, os serem humanos possuem uma capacidade de criar conscientemente estas ligações em qualquer momento da vida e é algo que não é exclusivamente biológico.

Os principais benefícios, definidos por Vimala, como benefícios gerais para o bebé são: Interação, Estimulação, Alívio e Relaxamento.

- Promove ligações entre neurónios (promove e acelera o processo de mielinização cerebral e do sistema nervoso, ou seja, melhora a comunicação do cérebro com o corpo)

- Melhora a adaptação do bebé às diversas experiências do exterior;

- Proporciona alívio de dor (como por exemplo dos gases e cólicas, dores de crescimento ou de dentes, tensão muscular e desorganização do sistema nervoso);

- Promove o saudável desenvolvimento dos vários sistemas (circulatório, digestivo, hormonal, imunitário, linfático, nervoso, respiratório e vestibular)

- Ajuda o bebé a relaxar, reduzindo por exemplo os níveis de stresse e das hormonas de stresse;

- Estimula a comunicação verbal/ não-verbal, promove a vinculação e o tempo de qualidade;

- A massagem ajuda os pais a relaxar e a responderem de forma mais adequada às necessidades do bebé;

Para os pais, a massagem:

- Promove a diminuição das hormonas de stresse e o aumento das hormonas de relaxamento;

- Proporciona o relaxamento e melhorias na qualidade do sono;

- Estimula a lactação e reduz a depressão pós-parto;

- Ajuda a compreender melhor o bebé, lendo e respeitando os sinais que o bebé transmite;

- Promove o aumento da autoestima e confiança parental, melhorando as competências parentais.

Artigo de Rita Cruz, Terapeuta Ocupacional, Fisiokids

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.