Já não é segredo para ninguém que, atualmente, a relação de Harry e William não é tão próxima como era antes do príncipe mais novo casar com Meghan Markle. Felizmente, os principais problemas entre os irmãos acabaram por ser resolvidos, pois caso tal não acontecesse a continuação da própria monarquia ficaria ameaçada.

Em declarações aos jornalistas Omid Scobie e Carolyn Durand para o livro - 'Finding Freedom: Harry, Meghan and the Making of a Modern Royal Family', um membro do palácio disse que estes "não podiam estar em guerra".

É referido que o assunto foi de tal forma sério que esteve em discussão durante uma reunião que aconteceu na primavera de 2019.

"Precisamos de conceber um sistema que proteja a monarquia de uma paragem. O futuro da monarquia assenta atualmente em quatro pessoas do Palácio de Kensington. A popularidade entre o público apenas depende deles. Quando o príncipe Carlos se tornar rei, a única alternativa é não estarem em guerra", referiu um dos presentes na referida reunião.

Leia Também: Harry cortou relações com amigo após este questionar relação com Meghan

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.