Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, deu uma entrevista ao programa 'Fantástico', exibida na noite deste domingo, na qual abriu o coração para falar sobre a dura perda.

"Ele estava presente em todos os ambientes. Ele via tudo o que acontecia. Chamava-me o tempo todo, sempre a gritar pela casa fora, às vezes eu até nem respondia só para ele aprender a procurar-me andando. E essa ausência é avassaladora. É um silêncio que não fazia parte da minha vida há sete anos", começou por desabafar.

Paulo Gustavo e Thales Bretas foram pais de dois meninos, Romeu e Gael, de um ano. São eles que hoje dão força ao médico para seguir em frente e enfrentar a dor. "São frutos do nosso amor. Vou amar pelos dois. Onde ele estiver, vai estar a amar e a orientar. [...] O Paulo era uma das pessoas mais íntegras, generosas, amorosas e protetoras que já conheci", elogiou.

Em fase de "aceitação", é na fé que tem apaziguado a profunda dor que sente. "Acredito nos desígnios de Deus. [...] A ficha está a cair aos poucos. Ele vai ser para sempre o amor da minha vida. Onde ele estiver, vai iluminar as nossas vidas ", rematou.

As declarações do médico chegam depois de ter feito uso das redes sociais para homenagear o companheiro numa publicação carregada de emoção.

Paulo Gustavo, recorde-se, morreu na passada terça-feira, dia 4, vítima de Covid-19. Tinha 42 anos.

Leia Também: Mãe de Paulo Gustavo reage à morte do filho e deixa pedido

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.