Tony Carreira abriu o seu coração e conversou abertamente sobre a sua carreira e vida pessoal durante a entrevista no programa ‘Alta Definição’, da SIC.

Durante a conversa com Daniel Oliveira, o artista não se inibiu de fala da ex-mulher, Fernanda Antunes, de quem se separou em 2014, após um casamento de 29 anos.

Um divórcio que deu muito que falar na imprensa e que continua a ser destacado por causa dos encontros do ex-casal.

“No processo da minha separação houve coisas escritas muito feias. Principalmente coisas que escreveram tanto sobre os meus filhos como sobre a Fernanda. Foram coisas que me magoaram ainda mais do que se estivessem escrito só sobre mim. Isso é uma coisa que me deita a baixo ainda hoje. Passei o Natal em casa dos meus pais, com os meus filhos, e claro que a Fernanda também esteve. Qual é o problema? A Fernanda é uma mulher maravilhosa a quem e devo muito, que eu espero ficar amigo dela a vida inteira. E, de repente, encontros secretos, essas mentiras são coisas que me deitam a baixo”, confessou.

O cantor afirmou que tem “um carinho eterno” pela ex-companheira e que ambos mantêm uma boa relação de amizade, o que não impede de se encontrarem quando querem. “Não é por isso que, de repente, mais próximos vão casar outra vez. Enfim, é cada filme que até mete medo”, acrescentou.

Do casamento com Fernanda resultaram três filhos, Mickael, de 31 anos, David, de 26 anos, e Sara, de 18. Aos 54 anos, Tony Carreira partilha o momento da sua vida que vai deixar para sempre saudade.

“Há uma coisa que eu hei-de sentir sempre saudades, que é do tempo em que o Mickael tinha 15 anos, o David 10, e a Sara dois aninhos… Porque havia uma família”, afirmou.

Questionado por Daniel Oliveira sobre o facto da separação da família ter sido algo difícil de gerir, o cantor respondeu: “Para lá disso, é uma coisa que faz parte do ciclo da vida. Independentemente de tudo, o Mickael já tem a sua família, o David há-de ter e a Sara também. Não tem a ver só com a situação da separação”.

Tony Carreira foi avô pela primeira vez no dia 22 de março do ano passado e, quase um ano depois, confessou que está a gostar desta nova fase da sua vida.

“Quando vou para fora e vou às compras já me lembro dela. Vou tentar não me agarrar muito. Eu era um pai super protetor, o que não é muito simpático para os filhos, que os [pais os] amem tanto, de uma forma tão obcecada. Mas já estou a sentir que vou para lá”, admitiu.

No entanto, quando recebeu a notícia que ia ser avô não sentiu “uma coisa simpática”, por causa da idade. “Eu tenho esse problema. Acho que a melhor idade na vida de uma pessoa é ali à volta dos 40. […] Não foi uma coisa que me deu muito prazer saber que ia ser avô”, partilhou, referindo que agora tudo mudou.

“Agora é fantástico. Ela é linda. Está sempre a sorrir. Quando me vê faz uma festa e eu fico complemente derretido”, assegurou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.