Ana Garcia Martins usou a sua conta de Instagram para fazer um desabafo relativamente à pandemia e às recomendações que por cá têm vindo a ser dadas. Confessando estar confusa com as diversas informações que lhe chegam aos ouvidos, a 'Pipoca Mais Doce' acabou por refletir sobre o tema.

"Quase oito meses depois de nos terem fechado em casa pela primeira vez, o que sei convictamente sobre este vírus é pouco ou nada, porque a corrente de informações contraditórias é mais do que muita", começa por dizer.

"Como se não bastasse, também me sinto perdida no que se passa por cá, já nem sei bem o que se pode ou não fazer, se posso andar na rua, se posso mudar de concelho, se posso ir ao cinema, se posso RESPIRAR", ironiza.

"Tenho a sensação que nos últimos dias foram decretados 67 estados de alerta-emergência-pânico-nervos-catástrofe-calamidade-horror, a cada hora é uma coisa nova e já não sei a quantas ando. E depois querem que nos recolhamos, mas também querem que não deixemos de ir às compras, e ao teatro, e jantar fora, porque há uma economia para salvar", continua.

"Só cobranças, cobranças, cobranças. Exemplo: adorava ir viajar, mas tenho mais medo do apedrejamento público do que de apanhar Covid. Estou muito cansada disto tudo, acredito que estejamos todos, mas acho o que já venho a achar há uns tempos: que, cumprindo as medidas básicas de segurança, é preciso tentar encontrar alguma normalidade no meio deste caos e irmos seguindo com as nossas vidas. Porque eu acho que já faltou muito mais para darmos todos em doidos", completou.

Leia Também: 'Pipoca' repreendida por Teresa Guilherme? Tema foi esclarecido em direto

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.