Sónia Brazão esteve no programa 'Júlia', esta terça-feira, onde recordou o grande acidente que sofreu há quase uma década. Uma explosão que destruiu o seu apartamento e a deixou com 92.8% do corpo queimado.

Na altura, ao contrário do que foi dito, a atriz não estava sem trabalho, muito pelo contrário. Tinha acabado de gravar a novela 'Mar de Paixão', onde deu vida a uma personagem "extremamente densa, muito trabalhosa". "Fazer de cega foi muito difícil, a concentração tinha sido muito grande e eu estava cansada, o que era normal", lembrou.

Além disso, estava ainda com alguns desfiles e tinha acabado de chegar do norte para marcar presença nos Globo de Ouro.

Depois da gala, foi para casa e como sabia que ia ter dois dias de descanso, decidiu tomar os comprimidos para dormir. De referir que Sónia, quando tinha um ano de idade, foi diagnosticada com doença celíaca - uma alergia ao glúten. Doença que lhe trouxe a "privação do sono", assim como a "baixa fertilidade".

Por ter dificuldades em dormir, a atriz estava medicada para que conseguisse descansar, mas com a agenda profissional cheia, acabou por não fazer a medicação todos os dias.

"Eu tenho este problema de dormir, e também digamos que não fui a pessoa mais atenta a este problema. Não dormir hoje eu recuso-me, naquela altura passamos por cima do sono com uma ligeireza...", partilhou.

Também estava a ser acompanhada por um psiquiatra e psicólogo, consultas que fizeram 'sempre' parte da sua vida.

"Eu quando acordo ainda em casa, em lembro-me - não é uma lembrança, é quase um pesadelo - de uma dor excruciante. E de alguém a vir ter comigo e eu não querer que ninguém se aproximasse. A seguir apaguei. Lembro-me de tomar um medicamento e tomar o segundo medicamento, e apaguei, fiquei em coma induzido [durante vários dias]", recordou, muito emocionada.

Sónia Brazão esteve um mês e meio na unidade de queimados. "Foi uma grande luta, uma luta diária", lembrou, confessando a grande dor que sentiu durante todo este processo de recuperação. "Mas também fui muito acarinhada por aqueles médicos, foram maravilhosos e era sempre um dia de cada vez, amanhã vai ser melhor que hoje, e foi", destacou, referindo que recuperou muito rapidamente.

"Com tudo o que se falou, eu própria cheguei a duvidar de mim, não me fazia coerência", admitiu. "Hoje gosto muito de mim, não vejo imperfeições, mas a perspectiva de ver as coisas mudou", frisou ainda.

Neste momento, a atriz está a fazer um novo tratamento de pele para ficar "um bocadinho melhor". No entanto, realça, aceita e respeita a sua pele e corpo.

E quando a pandemia passar, Sónia quer voltar ao ativo e, diz, nem que tenha de ir trabalhar para a Zara. Ainda assim, não esconde a vontade de voltar a representar.

Leia Também: Nove anos após o acidente, Sónia Brazão afirma: "Gosto mais desta Sónia"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.